Vigília em Salvador cobra ao TCU reprovação das contas da presidenta Dilma Rousseff

Com a inscrição ‘SOS TCU’, ato organizado pela Aliança Nacional dos Movimentos Democráticos contou com a adesão do MBL Bahia​.

Com a inscrição ‘SOS TCU’, ato organizado pela Aliança Nacional dos Movimentos Democráticos contou com a adesão do MBL Bahia​.

Cerca de 30 pessoas se reuniram em vigília simbólica no início da noite deste domingo (26/07/2015), em frente à sede do Tribunal de Contas da União (TCU), em Salvador, para pressionar os nove ministros do órgão fiscalizador a reprovar as contas da presidente Dilma Rousseff. Com a inscrição “SOS TCU” formada por velas em copos com areia, os militantes permaneceram no local até as chamas se apagarem.

De acordo com a coordenação do Movimento Brasil Livre – Bahia, que aderiu ao ato nacional promovido pela Aliança dos Movimentos Democráticos, a presidente Dilma driblou a Lei de Responsabilidade Fiscal, realizando as chamadas “pedaladas fiscais” nos anos de 2013 e 2014.

“Este não é um movimento de massas, mas um ato simbólico que está sendo realizado em todas as capitais do Brasil. Nosso principal objetivo é chamar a atenção dos ministros que estão analisando as contas da Dilma para que o TCU aja como órgão independente que é e reprove essas contas. A presidente violou a LRF, fez de conta que cumpriu as leis fiscais para sair impune do que a Constituição Federal, em seu artigo 85, inciso VI, configura como crime”, afirmou Ricardo Almeida Mota Ribeiro, coordenador do MBL na Bahia.

A apreciação das contas de Dilma Rousseff pelo TCU deverão ocorrer no final de agosto. Após o parecer do Tribunal, as contas da presidente ainda passarão pela aprovação do Congresso Nacional. Até lá, novas manifestações estão previstas, uma delas, no próximo dia 16 de agosto, quando diversos movimentos democráticos farão atos em várias cidades do país. Na Bahia, o MBL garante pauta múltipla, que além da rejeição das contas da presidente, incluirá a rejeição das más condições na saúde, na segurança e na educação, perda de direitos dos trabalhadores, aumento da taxa de desemprego, aumento do preço dos alimentos e da conta de luz, dentre outros.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Facebook do JGB

Publicações relacionadas

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br