Vereador denuncia péssima condição de trafegabilidade em vias utilizadas para o transporte público municipal de Feira de Santana

Situação das vias urbanas municipais evidenciam incompetência do governo municipal. Prover corredores viários para o transporte público de condições de trafegabilidade faz parte de um planejamento básico de qualquer município.

Situação das vias urbanas municipais evidenciam incompetência do governo municipal. Prover corredores viários para o transporte público de condições de trafegabilidade faz parte de um planejamento básico de qualquer município.

Buracos, lama e calçamentos irregulares foram alguns dos problemas encontrados pelo vereador e presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Feira de Santana (SINTRAFS), Alberto Nery, durante visitas a diversos bairros das zonas urbana e rural, após receber constantes queixas de moradores. “Muitas ruas estão intransitáveis, incluindo a Zona Rural. Estive na Pedra Ferrada, na Mantiba e Matinha e os moradores estão tendo muitos transtornos, pois há locais nos quais é impossível passar veículos, e até mesmo pedestres”.

Além dos transtornos, a comunidade que precisa do transporte público também tem sido prejudicada. De acordo com Nery, muitas localidades tem sofrido não só com os atrasos, mas até com a mudança de rota por que não há como os ônibus passarem. “A situação está caótica. Fora do Centro da Cidade, principalmente em bairros mais distantes, para onde também não há previsão de obras do BRT, está ficando impossível transitar. É o caso do Campo Limpo, Asa Branca, Três Riachos e a Zona Rural, como podemos comprovar nas fotos”, denuncia.
Segundo Nery, embora as chuvas prejudiquem e piorem a situação em certos locais, elas não podem ser utilizadas como justificativa para o problema. “Sabemos dos transtornos que as chuvas provocam, mas se tivéssemos ruas calçadas, com drenagem adequada, não passaríamos por tantas dificuldades”.

Pavimentação precária

A qualidade da pavimentação feita pela Prefeitura também é alvo de críticas do vereador. “Recentemente, a avenida Primavera foi calçada, com a realização até de festa de inauguração. Hoje está tendo que ser refeita, em alguns trechos, por conta de problemas. Além do transtorno, existe um prejuízo financeiro com o retrabalho. A prefeitura precisa executar obras com a qualidade que a comunidade merece”, afirmou. “Há ainda como fazer um trabalho prévio, de cascalhamento das ruas, que não feito, o que dificultou a situação”.

Outras publicações

Feira: Falta de obstetra no HGCA sobrecarrega Hospital da Mulher, afirma Roque Pereira O vereador Roque Pereira (PT do B), esta semana, durante seu pronunciamento na Casa Legislativa, disse que a falta de obstetras no Hospital Geral Clér...
Prefeito de Feira de Santana preside abertura oficial do ‘Outubro Rosa’ Prefeito José Ronaldo preside abertura oficial do Outubro Rosa. Tomando como símbolo de combate ao câncer a diretora da Associação de Apoio a Pessoa...
Confira a coluna de Antônio José Larangeira de 2 de agosto de 2014 O empresário Dario Mascarenhas de Oliveira Neto II e sua esposa Sylvia Marilia. A aniversariante de ontem a elegante e bonita jovem senhora Chris...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br