Sobre Operação Águia de Haia, ministro Renato Janine afirma: “A Bahia não merece isso. O Brasil não merece. A elas, o aviso: vocês não passarão.”

O ministro da Educação, Renato Janine, elogiou o trabalho da Operação Águia de Haia que constatou desvio de R$ 57 milhões destinados para educação

O ministro da Educação, Renato Janine, elogiou o trabalho da Operação Águia de Haia que constatou desvio de R$ 57 milhões destinados para educação.

O ministro da Educação, Renato Janine, lamentou, nesta terça-feira (14/07/2015), os desvios cometidos no Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), descobertos pela Operação Águia de Haia, e considerou a atitude asquerosa.

“É intolerável que dinheiro que deveria ir para a Educação seja desviado por alguns indivíduos que traem a confiança pública. Contratos fraudados, licitações forjadas e conluios já são, por si, inadmissíveis. Envolvendo a educação, tornam-se mais do que isso. Tornam-se asquerosos”, publicou em sua página no Facebook.

Janine elogiou também o trabalho da Polícia Federal e dos tribunais de contas, que resultou na prisão de suspeitos de falsificar licitações em parceria com agentes públicos, em troca de propina. “Que a ação eficiente dos tribunais de contas estaduais e da Polícia Federal na Operação Águia de Haia sirva de exemplo para quaisquer pessoas ou grupos que ainda não entenderam que o tempo delas acabou”, disse.

O valor de verba pública desviada atinge R$ 57 milhões, segundo a PF. Os crimes começaram em 2009, na cidade de São Paulo, depois foram para Minas Gerais e, em 2010, se estabeleceu na Bahia, onde foram atingidos 18 municípios.

Na segunda-feira (13), a operação estabeleceu o cumprimento de 96 mandados de busca e apreensão. Na Bahia, foram quatro mandados de prisão preventiva, além de Minas Gerais, São Paulo e no Distrito Federal.

Os responsáveis pelas fraudes serão indiciados por crimes licitatórios, corrupção ativa e passiva e formação de quadrilha, entre outros delitos.

“A Bahia não merece isso. O Brasil não merece. A elas, o aviso: vocês não passarão. Suas práticas serão extintas, e o que vocês tentam fazer será relegado a páginas vergonhosas da história”, afirmou Janine.

O ministro também elogiou o nome dado para a Operação. “Águia de Haia, justa homenagem ao político e jurista Ruy Barbosa. Que a história deste homem notável, filho da Bahia, nos norteie e inspire para bem longe destes vilões, rumo a um Brasil onde apenas vicejem os bons e honestos”, disse.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br