Senadores baianos compõem comissão que vai analisar a MP das eletrointensivas

Valter Pinheiro e Otto Alencar.

Sensdores  Otto Alencar e Walter Pinheiro.

Os senadores baianos Walter Pinheiro (PT) e Otto Alencar (PSD) compõem a comissão mista, instalada hoje (09/07/2015), que vai analisar a MP 677/2015, que prorroga o contrato da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) com indústrias eletrointensivas do Nordeste até 2037. A medida também cria o Fundo de Energia do Nordeste (FEN), cujos investimentos deverão ser feitos, no mínimo, 50% na região Nordeste.

Na Bahia, a medida atende empresas como a Ferbasa, Braskem, Gerdau, Caraíba Metais, Vale do Rio Doce e Dow Química, que possuem até 40% dos seus custos de produção investidos em energia. “Além de contribuírem com os cofres estaduais com o recolhimento de vultosos impostos, essas empresas são responsáveis pela geração de milhares de empregos altamente qualificados, que automaticamente desapareceriam na eventualidade delas serem obrigadas a suspender o seu funcionamento no Brasil”, lembrou Pinheiro.

A MP já recebeu 120 emendas, três apresentadas por Pinheiro. Em uma das emendas, o senador baiano propõe que o FEN garanta a aplicação do percentual mínimo de 50% dos recursos na geração de energia solar. “A energia solar é a que demanda maior investimento e desenvolvimento, com enorme potencial de crescimento e capacidade de contribuição para o atendimento da demanda, inclusive no setor industrial”, defendeu o senador.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Facebook do JGB

Publicações relacionadas

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br