Presidenta Dilma Rousseff convida empresários italianos a investir no Brasil

Pesidenta Dilma Rousseff durante reunião de trabalho com o Primeiro-Ministro da República Italiana, Matteo RenziPesidenta Dilma Rousseff durante reunião de trabalho com o Primeiro-Ministro da República Italiana, Matteo Renzi.

Pesidenta Dilma Rousseff durante reunião de trabalho com o Primeiro-Ministro da República Italiana, Matteo RenziPesidenta Dilma Rousseff durante reunião de trabalho com o Primeiro-Ministro da República Italiana, Matteo Renzi.

Em visita oficial à Itália, a presidenta Dilma Rousseff apresentou as oportunidades de investimentos em obras de infraestrutura no Brasil ao primeiro-ministro do país, Matteo Renzi, e o presidente Sergio Mattarella. Dilma se reuniu com as autoridades italianas, hoje (10/07/2015), em Roma.

“Discuti com o presidente e com o primeiro-ministro as oportunidades de investimentos que se abrem no Brasil na área de ferrovia, por exemplo. Várias empresas italianas podem participar dos leilões,  nas áreas de rodovias, portos e aeroportos. Convidei todos os empresários italianos a intensificarem sua presença no Brasil por meio da participação nessa nova fase do programa [Programa de Investimento em Logística]”, disse em declaração à imprensa acompanhada de Renzi.

A presidenta relatou que acertou com os mandatários italianos elevar o patamar da relação entre Itália e Brasil. “Acertamos hoje que nossas relações se darão no mais alto nível entre os ministros e com isso queremos fortalecer essa relação e garantir que ocorram modificações reais que levem essa relação a um patamar mais elevado.”

Em Roma, a presidenta também teve reunião com o diretor-geral da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), o brasileiro José Graziano.

Após a agenda em Roma, Dilma seguiu para Milão onde visitará, amanhã (11), a Expo Milão 2015 uma das principais feiras de inovação e soluções criativas do mundo. O Brasil tem um pavilhão na feira onde apresenta sua capacidade de ampliar a produção de alimentos com tecnologias inovadoras e sustentáveis e possibilidade de atender às demandas mundiais.

Antes da Itália, Dilma esteve na Rússia para reunião de cúpula do Brics, grupo formado por Brasil, Rússia, China, Índia e África do Sul.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br