Prêmio BNDES de Boas Práticas em Economia Solidária contempla três empreendimentos da Bahia

Uma rede de produtoras, uma associação e uma cooperativa do Estado estão entre os 48 agraciados nesta primeira edição do Prêmio BNDES.

Uma rede de produtoras, uma associação e uma cooperativa do Estado estão entre os 48 agraciados nesta primeira edição do Prêmio BNDES.

A Rede de Produtoras da Bahia, a Associação das Rendeiras da Cidade de Dias d’Ávila e a Cooperativa Agropecuária e Industrial de Coqueiro de Monte Gordo foram as iniciativas baianas contempladas na primeira edição do Prêmio BNDES de Boas Práticas em Economia Solidária.

Os empreendimentos estão entre as 48 iniciativas contempladas nesta primeira edição do Prêmio, para as quais será destinado um valor total de R$ 1,26 milhão. A cerimônia de premiação ocorreu em Santa Maria (RS), durante a 22ª Feira Internacional de Cooperativismo (Feicoop 2015) e a 11ª Feira Latino-Americana de Economia Solidária (EcoSol 2015), no último sábado, 11.

Premiada com R$ 50 mil, a Rede de Produtoras da Bahia reúne 454 integrantes de 62 empreendimentos formados só por mulheres. Produz alimentos como geleias, compotas, polpa de frutas, bolos, beijus, biscoitos, iogurte, queijos e doces. A rede também presta serviços de buffet e confecciona peças artesanais, como bolsas, chapéus, ornamentos e objetos de decoração.

Já a Associação das Rendeiras da Cidade de Dias d’Ávila é constituída por 48 integrantes e tem como objetivo difundir e resgatar a arte e a cultura da renda de bilros e bordados a mão. Ela foi premiada na categoria empreendimentos econômicos solidários (EESs) e receberá R$ 20 mil, assim como a Cooperativa Agropecuária e Industrial de Coqueiro de Monte Gordo, que reúne 30 cooperados — em sua maioria mulheres — e fabrica cocadas, biscoitos de goma e broas, cria peixes e produz hortaliças, mandioca, ovos e mel.

Além dos recursos em dinheiro, os vencedores receberam o Troféu Sandra Magalhães, uma boneca confeccionada por artesãos da Rede Bodega, do Ceará, em homenagem à assistente social e economista falecida em 2013 e que foi uma das fundadoras do Fórum Brasileiro de Economia Solidária (FBES).

Prêmio

O Prêmio BNDES de Boas Práticas em Economia Solidária é uma parceria do Banco com a Secretaria Nacional de Economia Solidária do Ministério do Trabalho e Emprego (SENAES/MTE) e o FBES. No total, foram premiados 30 EESs formalizados, 8 ainda não formalizados e 10 redes de EESs, distribuídos por 21 Estados em todas as regiões brasileiras.

Os objetivos do Prêmio são: reconhecer os esforços e ampliar a visibilidade de empreendimentos econômicos solidários que desenvolvam os princípios da autogestão, solidariedade e cooperação; incentivar a mobilização de atores sociais a partir de experiências e ações de referência para a sociedade; e aprofundar o conhecimento sobre o tema no País, melhorando o diálogo, a construção e a implementação de políticas públicas de apoio e investimento aos EESs.

Para saber mais sobre o Prêmio e conferir todas as iniciativas contempladas no Brasil, acesse o nosso site: http://bit.ly/1F9TTOA

Outras publicações

Daniel Alves participará da campanha pela abertura da Copa 2014 na Bahia O  baiano Daniel Alves, revelado pelo Esporte Clube Bahia e atualmente lateral-direito da Seleção Brasileira e do Barcelona, aceitou o convite para pa...
Audiência pública discute ações de combate ao trabalho escravo na Bahia Audiência pública discute ações de combate ao trabalho escravo. As ações de combate ao trabalho análogo ao de escravos na Bahia serão tema de audiên...
Bahia – Eleições 2014: ex-governador Paulo Souto mantem em suspense candidatura Candidatura de Paulo Souto ao governo da Bahia permanece indefinida. Os rumores sobre uma suposta decisão do ex-governador Paulo Souto (DEM) elevara...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br