Parecer do procurador Julio Marcelo Oliveira pede que ministros do TCU votem pela rejeição das contas de 2013 e 2014 dos governos Rousseff/Temer

Procurador Julio Marcelo Oliveira apresenta parecer pela rejeição das contas de 2013/2014 dos governos Rousseff/Temer.

Procurador Julio Marcelo Oliveira apresenta parecer pela rejeição das contas de 2013/2014 dos governos Rousseff/Temer.

O procurador do Tribunal de Contas da União (TCU) Júlio Marcelo de Oliveira contesta a tese da defesa do governo Rousseff/Temer com relação a prestação de contas de 2013 e 2014. Na avaliação do procurador, o governo cometeu ilegalidades na condução das contas governamentais.

No parecer, datado de 15 de junho de 2015, o procurador narra detalhadamente o que ele considera como descumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal por parte do governo federal, e apela para que os ministros do TCU rejeitem as contas.

Baixe

Parecer do procurador Julio Marcelo Oliveira pede rejeição das contas do governo Rousseff/Temer de 2013 e 2014

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: diretor@jornalgrandebahia.com.br.