Mototaxistas e taxistas do Sul da Bahia querem melhorias para as categorias na região

Reunião com representantes de mototaxisitas do sul da Bahia com Desenbahia, Detran e Agerba.

Reunião com representantes de mototaxisitas do Sul da Bahia com Desenbahia, Detran e Agerba.

O deputado federal Valmir Assunção (PT-BA) defende as melhorias para as categorias de mototaxistas e taxistas no Sul da Bahia. Nesta segunda-feira (13/07/2015), Assunção comentou a importância da linha de financiamento para aquisição de motocicletas, estudada pela Agência de Fomento do Estado da Bahia (Desenbahia). O parlamentar também apontou para avanços no setor de formação e liberação de trajetos apontados pelas categorias como fundamentais para o desenvolvimento das profissões. “Buscamos mais oportunidades para esses profissionais em diferentes setores. Em reunião recente com representantes das duas categorias, em Salvador, pedimos a intervenção do governo baiano para auxiliar nessas melhorias, como curso de formação e demandas locais”, salienta Valmir se referindo aos pleitos na Desenbahia, Detran e Agerba.

Nos encontros para debater os assuntos, o presidente do Sindicato dos Mototaxistas, Trabalhadores Motociclistas, Motoboys e Motofretes de Eunápolis (Sintmoto), Maxsuel Santos, o presidente da Associação dos Mototaxistas de Eunápolis (AME), Marcio Santos, o presidente do Sindicato dos Taxistas de Porto Seguro (STPS), Sérgio Bezerra, e o presidente do Sindicato dos Mototaxistas de Porto Seguro (Amotaps) estiveram acompanhados do assessor, José Carlos Filho, para tratar as demandas nos órgãos públicos do governo baiano. A expectativa é que a linha de financiamento para os mototaxistas, aprovada pela Desenbahia, seja liberada. Falta apenas o parecer do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Ao Detran, os representantes das categorias pedem a liberação dos cursos de mototaxistas para Eunápolis e de taxistas para Porto Seguro, além da liberação da cota diária de vistorias das motos e carros, mototaxistas e taxistas nos dois municípios. Já na Agerba, o pedido se estende para a liberação de taxistas para que possam se deslocar da sua cidade de origem para qualquer outra localidade do Estado, para levar ou buscar seus passageiros, inclusive no Aeroporto Internacional de Porto Seguro. Existe ainda o debate envolvendo o desconto de 80% das multas já aplicadas para pagamento à vista ou 70% dividido em 12 vezes.

Outras publicações

Bahia: seca começa a afetar cidades com mais de 100 mil habitantes A estiagem que atinge o Semiárido e norte baianos nos últimos meses já começou a afetar as cidades com mais de 100 mil habitantes no estado. A estia...
MPF ajuíza ação para recuperar e conservar a APA Gruta dos Brejões, em Morro do Chapéu Ministério Público Federal - (MPF). A ação foi proposta contra o Estado da Bahia, a União, o Iphan, o Ibama, o ICMBio e o município, com o objetivo ...
Sinapro-Bahia lança campanha de valorização das agências associadas Sinapro-Bahia divulga campanha 2014 de apoio ao papel das agências de publicidade. Você vai ao oftalmologista quando sente dor de dente? Contrata um...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br