Funcionários e parceiros promovem “abraço” em prol da Santa Casa de Misericórdia de Valença

Cartaz da campanha 'Vamos mostrar o valor de um abraço'.

Cartaz da campanha ‘Vamos mostrar o valor de um abraço’.

Cidadãos participam da campanha em defesa da Santa Casa de Misericórdia de Valença.

Cidadãos participam da campanha em defesa da Santa Casa de Misericórdia de Valença.

Funcionários, prestadores de serviços e parceiros da Santa Casa de Misericórdia de Valença estão organizando um “abraçaço” em prol da instituição. A ação representa um gesto simbólico de adesão ao Movimento Nacional das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos do SUS, chamando atenção para a grave crise financeira vivenciada pelas Santas Casas em todo o país.

O “abraçaço” deve reunir cerca de 400 pessoas, que, vestidas de branco, darão as mãos, contornando todo o quarteirão ocupado pelo hospital. A Polícia Militar e o Departamento de Trânsito da cidade de Valença darão suporte ao movimento.

Autoridades locais e regionais já confirmaram presença na ação. Antes do “abraçaço”, eles vão participar da inauguração de novas unidades assistenciais da Santa Casa de Valença, com dois espaços para Fisioterapia e um prédio anexo para atendimento do Mutirão de Cirurgias Eletivas e Ouvidoria. O deputado federal Antônio Brito, o Presidente da Federação das Santas Casas e Entidades Filantrópicas da Bahia, Maurício Dias, a Prefeita da cidade de Valença, Jucélia Nascimento, o Deputado Estadual Hildécio Meireles, o Prefeito de Cairu, Fernando Brito, o Presidente da Câmara de Vereadores de Cairu, Cláudio Brito e o Presidente da Câmara de Vereadores de Valença, Antônio Agostinho Silva Junior, são algumas autoridades já confirmadas.

Déficit da Santa Casa de Valença já é de R$ 1,4 milhão

A Santa Casa de Valença vem sofrendo os reflexos da crise na saúde. Desde o ano passado, a instituição vivencia cortes nos valores repassados pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (SESAB), que hoje já somam um montante de R$ 1,4 milhão.

Além dos cortes da SESAB, o sub-financiamento do SUS vem estrangulando o orçamento da Santa Casa de Valença, já que o valor pago não cobre o custo dos serviços. Segundo a Confederação das Santas Casas, o déficit do valor pago às Santas Casas por procedimento realizado pode chegar a 200%.

A Santa Casa de Valença realiza mais de 100 mil atendimentos anuais, com serviços de urgência e emergência 24h, partos, atendimentos ambulatoriais, internamentos e cirurgias, além dos serviços multidisciplinares, como fisioterapia.

Funcionários e grupos organizados iniciam mobilização nas redes sociais 

Na manhã desta segunda-feira (06/07/2015), o provedor Guido Araújo Magalhães Junior reuniu colaboradores da Santa Casa de Valença, objetivando conscientizar sobre a crise financeira que afeta a instituição. A equipe comprou a causa e já iniciou uma mobilização nas redes sociais, chamando atenção para a importância do apoio à Santa Casa. Familiares, escolas e grupos organizados, a exemplo da OAB da cidade de Valença, também já garantiram apoio ao “abraçaço”, que será promovido na sexta-feira, 10.

Outras publicações

Audiência pública discute condições na área de saúde em Valença O Ministério Público Federal na Bahia (MPF/BA) e o Ministério Público do Estado da Bahia (MP/BA) realizaram, nesta terça feira, 26 de junho, audiênc...
Santa Casa de Valença volta a oferecer exames de tomografia Santa Casa de Misericórdia de Valença. A Santa Casa de Misericórdia de Valença volta a oferecer a partir desta segunda-feira, (27/07/2015), exames d...
Prefeito de Valença, Ramiro José Campelo de Queiroz gasta recursos e não comprova as despesas O Pleno do Tribunal de Contas dos Municípios, na tarde desta quarta-feira (06/06/2012), julgou procedente a denúncia formulada contra a Prefeitura de ...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br