Família e Educação são pilares no combate ao crime, avalia governador Rui Costa

Radialista Edmundo Filho entrevista governador Rui Costa.

Radialista Edmundo Filho entrevista governador Rui Costa.

Mesmo ainda consternado com a morte do pai no último fim de semana, o governador Rui Costa retomou a sua agenda de compromissos oficiais, na terça-feira (21/07/2015), e destacou em seu programa de rádio a importância da família e das ações do Estado no combate ao crime organizado e à violência, sobretudo, contra o tráfico de drogas. “Uma coisa é sensibilizar as pessoas para evitar que os jovens entrem no caminho errado. Agora, para aqueles que querem escravizar, aprisionar, capturar nossos jovens, nós vamos responder com a firmeza da lei”, diz Rui ao abordar a Segurança Pública

Na edição desta quarta (22) do Digaí, Governador!, ele fala da agenda de trabalho com entregas de obras e serviços no interior do Estado e responde a questionamentos de um internauta sobre os investimentos na cidade de Ilhéus, sul da Bahia. O governador diz que vai à cidade, em breve, autorizar novas licitações e outras demandas da Ponte do Pontal, do novo Hospital, da duplicação da BR-415 e saneamento da Zona Sul.

Contratação de policiais

Rui destaca que já contratou mais dois mil policiais este ano, 943 agentes e delegados da Polícia Civil. “Estamos adquirindo mais viaturas, construindo e liberando [em 2015] mais quatro mil vagas em presídios, instalando câmeras nas cidades da Bahia”, ressalta o governador citando ainda os investimentos em tecnologia e investigação.

Ele enfatiza que “as duas coisas têm que caminhar junto – o braço [da ação] social, da família, do esporte, da cultura, e o outro braço da lei, da polícia e da investigação”, e informa sobre a inauguração do Distrito Integrado de Segurança Pública, na próxima sexta-feira (24), em Capim Grosso, município localizado no centro norte baiano.

Ainda no âmbito da Segurança Pública, o programa ressalta a família e a Educação como pilares de uma sociedade e cita a campanha ‘Mais Família, Menos Drogas’. Rui diz que […] “com certeza todos nós queremos ser amados, protegidos, queremos saber que tem alguém que se preocupa com a gente. Por isso, eu tenho pedido ao avô, ao tio, ao padrinho, à madrinha, [que] se nós fizermos uma corrente do bem […] teremos uma sociedade que vai crescer e se desenvolver porque a educação vai melhorar, com absoluta certeza”.

Segundo o governador, “trabalhar por segurança pública não é só contratar polícia, contratar viaturas ou construir presídio. É, fundamentalmente, estimular o amor, o respeito entre os seres humanos e abrir espaço para a educação, para o esporte, para o lazer, para a cultura. O ser humano precisa sonhar, realizar seus sonhos e sentir esse amor vindo de outras pessoas queridas e próximas a si”.

Ilhéus, Jaguarari e Lapão

Ao internauta Juliano, que postou no Blog Digaí, Governador! perguntas sobre a Ponte do Pontal, a duplicação da BR-415, a construção do hospital de Ilhéus e o saneamento da Zona Sul, Rui explica que chegou a ser iniciada a construção da ponte, “mas, infelizmente, a empresa que venceu a licitação, se envolveu em dificuldades financeiras. Nós estamos rescindindo o contrato e vamos contratar a segunda colocada”.

O governador diz ainda que em breve irá a Ilhéus para acompanhar o reinício das obras. Em relação à BR-415, ligação entre Ilhéus e Itabuna, “nós vamos duplicar. Devemos receber autorização do Dnit [Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes], e nós vamos relicitar a empresa”. Segundo Rui, a expectativa é publicar o novo edital em agosto. Também em agosto, “devo ir [a Ilhéus] para dar ordem de serviço [para] a construção do novo hospital regional”.

Quanto ao saneamento, o governador explica que já foi licitada uma obra do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), no valor de R$ 51 milhões. O governador também informa que estará em Jaguarari, na quinta-feira (23), e em Lapão, no sábado (25), dois municípios do centro norte da Bahia.

Ausência do pai

No Digaí, Governador!, ele fala sobre a morte do pai Clóvis dos Santos. “[É] uma ausência muito forte e esses primeiros dias sem a presença dele é, realmente, muito dolorido. É uma pessoa que em todos os atos de carinho, de afeto, marcou a minha memória. O meu pai foi fundamental na minha educação, na minha vida e, nesse momento, por mais que a gente prepare a cabeça, por mais que a gente diga, ele viveu muito, até os 80 anos, [é difícil]”.

O governador agradece ao povo baiano “porque recebi milhares de mensagens no meu celular, nas redes sociais. Hoje [terça] eu fui para a rua e ontem [segunda], por onde eu passava, as pessoas demonstravam solidariedade, carinho, afeto”.

O programa ‘Digaí, Governador!’ é produzido pela Secom, veiculado pela Rádio Educadora FM 107,5 MHz e reproduzido por vários veículos de comunicação. Está disponível no site, pelo telefone 0800-071-7328 e no Blog Digaí, Governador!

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br