Deputado cobra apuração de violência praticada contra jornalista Marivaldo Filho

José Carlos Aleluia: "A violência sofrida pelo jornalista Marivaldo Filho precisa ser apurada imediatamente".

José Carlos Aleluia: “A violência sofrida pelo jornalista Marivaldo Filho precisa ser apurada imediatamente”.

“A violência sofrida pelo jornalista Marivaldo Filho precisa ser apurada imediatamente para que a falha de alguns não macule a imagem de nossa Polícia Militar”, diz o deputado federal José Carlos Aleluia, solidarizando-se com o profissional de imprensa, vítima de agressões por ter fotografado o abuso de autoridade de alguns policiais na noite do último sábado, no bairro do Bonfim.

Filho de um oficial da Polícia Militar, com quem aprendeu desde pequeno a respeitar à instituição, Aleluia sabe que o lamentável fato ocorrido com o jornalista não corresponde aos valores da PM. “Os nossos policiais são preparados para combater o crime com coragem e bravura, e não para agredir cidadãos de forma tão violenta. É preciso separar o joio do trigo”.

Relato

O deputado prestou solidariedade ao editor de política do Bocão News, vítima de agressões por ter fotografado o abuso de autoridade de alguns policiais na noite do último sábado (03/07/2015), no bairro do Bonfim, em Salvador.

Segundo o próprio jornalista, ele foi algemado e levado para o camburão da viatura da PM. Antes, foi vítima uma série de agressões. “Ele começou a dar vários socos em minha cabeça. Depois pediu meu celular e pediu para destravar para que ele pudesse apagar as fotos. Eu tinha recebido tanto soco que não tinha mais condições nem de digitar a senha do meu celular. Quanto mais errava a senha, mais socos recebia. Ele pegou alguma coisa no chão, que eu acredito que tenha sido uma pedra, e me agrediu. Sangrou muito. Acho que o PM só parou de me bater quando viu que eu estava sangrando muito”, Marivaldo Filho.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br