Deputado Alan Sanches condena fechamento sem aviso prévio do Centro de Convenções da Bahia

Vista aérea do Centro de Convenções da Bahia em Salvador.

Vista aérea do Centro de Convenções da Bahia em Salvador.

O deputado estadual Alan Sanches (PSD), reconhece que o Centro de Convenções da Bahia precisava há muito ser requalificado, porém condenou a interdição para reforma sem a devida preocupação, aviso prévio por parte do Governo do Estado às pessoas, empresas que tinham eventos programados no local e ficaram “a ver navios” até que licitação para reforma emergencial seja feita e se dê início a primeira etapa das obras.

“A pergunta é o que serão feitas com os milhares de formandos que estão com suas festas pagas e programadas, com as empresas de eventos culturais, literários e muitas outras. Para se ter ideia, a tradicional Bienal do Livro da Bahia teve que ser adiada para 2016. Isso tudo por conta de uma decisão unilateral, sem planejamento do executivo estadual que precisa se manifestar e apresentar uma alternativa para que a população não seja a mais prejudicada”, enfatiza, complementando que, conforme informação do governo, o local só será reaberto quando apresentar todas condições de segurança.

“Existe ainda a previsão de que um novo Centro de Convenções seja construído no bairro do Comércio e de que as instalações do bairro do Stiep sejam desativadas. E nós baianos, já carentes de espaços públicos, como ficaremos”, questiona. O Centro de Convenções foi interditado pela Secretaria Municipal de Urbanismo (Sucom) no dia 20 de maio, após a constatação da falta de projeto e equipamentos de incêndio e pânico, como também de manutenção predial.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br