Defesa de executivo da OAS qualifica reportagem da revista Veja, em que relaciona ex-presidente Lula com a Lava Jato, de “mentirosa e irresponsável”

A reportagem da revista utiliza a mentira como forma de atacar imagem do ex-presidente Lula, avalia defesa de Léo Pinheiro.

A reportagem da revista utiliza a mentira como forma de atacar imagem do ex-presidente Lula, avalia defesa de Léo Pinheiro.

Reportagem publicada hoje (25/07/2015) pelo jornal Estadão aborda publicação de capa da revista Veja que relaciona o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva com a Lava Jato, através de uma possível delação a ser realizada pelo executivo da Construtora OAS José Adelmário Pinheiro (Léo Pinheiro). O jornal, ao consultar a defesa do executivo, publicou a seguinte declaração: “A reportagem é mentirosa e irresponsável”, disse Edward Carvalho, um dos advogados de defesa de Pinheiro.

Mais cedo, a defesa de Léo Pinheiro emitiu nota reforçando que o executivo não tinha a intenção de fechar o acordo de delação premiada, em troca da redução de pena. “Sobre a reportagem da Veja deste final de semana, José Adelmário Pinheiro e seus defensores têm a dizer, respeitosamente, que ela não corresponde à verdade. Não há nenhuma conversa com o MPF sobre delação premiada, tampouco intenção nesse sentido.”

O advogado Edward Carvalho afirmou ainda que “não há nenhuma chance” de Léo Pinheiro estar negociando com uma outra banca de advogados para poder aderir ao mecanismo de delação.

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br