Conceição da Feira comemora 89 anos de emancipação

Vista aérea do Loteamento Bom Viver em Conceição da Feira.

Vista aérea do Loteamento Bom Viver em Conceição da Feira.

O município de Conceição da Feira completa 89 anos de emancipação político administrativa nesta quinta-feira (23/07/2015). Para homenagear a população por esta data tão importante, o deputado estadual Carlos Geilson apresentou uma moção de congratulação na Assembleia Legislativa da Bahia.

“Parabenizo a população conceiçoense por preservarem a sua característica interiorana e conciliarem isso ao progresso que a cidade vem experimentando ao longo do tempo. Desejo prosperidade para toda população, e reafirmo meu compromisso em continuar lutando por dias melhores”, afirmou o parlamentar.

Relatos dão conta de que a primeira povoação do território onde está Conceição da Feira ocorreu em meados do século XVII. No ano de 1675, o coronel Manuel Correia construiu em suas terras uma capela dedicada a Nossa Senhora da Conceição e subordinada a Vila de Nossa Senhora do Rosário do Porto da Cachoeira. Por volta de 1830 o casal Manuel da Costa e Antônia São José construiu outra capela, que também foi dedicada à mesma santa da primeira igrejinha.

O local da nova edificação era estratégico, pois ficava no entroncamento de duas estradas reais movimentadas, a do Sertão e a do Nordeste, além de possuir nas suas redondezas ótimas nascentes d’água, muito procuradas pelos tropeiros. E foi ao redor da nova capela que outro povoado começou a se expandir com maior força. Com um tempo, o comércio foi beneficiado através do surgimento da feira livre e da casa de negócios, o que permitiu à localidade alcançar o título de arraial com o nome de Nossa Senhora da Conceição Nova da Feira. Passados alguns anos, a localidade foi transformada na Vila de Conceição da Feira e logo depois no município de mesmo nome.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Facebook do JGB

Publicações relacionadas

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br