Candidato a deputado federal em 2014 pelo estado da Bahia, Colbert Martins da Silva Filho fica inelegível

TRE rejeitou, por unanimidade, prestação de contas da campanha de deputado federal de 2014 de Colbert Martins da Silva Filho.

TRE rejeitou, por unanimidade, prestação de contas da campanha de deputado federal de 2014 de Colbert Martins da Silva Filho.

TRE rejeitou, por unanimidade, prestação de contas da campanha de Colbert Martins da Silva Filho.

TRE rejeitou, por unanimidade, prestação de contas da campanha de Colbert Martins da Silva Filho.

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TREBA) reprovou, por unanimidade, a prestação de contas da campanha de Colbert Martins da Silva Filho.

Relator do processo, o Juiz Fábio Alexsandro Costa Bastos apresentou, hoje (23/07/2014), voto pela rejeição das contas, tornando Colbert Martins inelegível pelos próximos oito anos. O voto do magistrado foi acompanhado pela unanimidade dos membros do Tribunal.

Ex-deputado federal, e candidato em 2014 pelo PMDB, Colbert Martins obteve 57.362 votos (0.86%), ficando na suplência da coligação ‘Unidos Por Uma Bahia Melhor’, composta pelos partidos DEM, PMDB, PSDB, PTN, SD, PROS, PRB e PSC. A principal base política de Martins é a cidade de Feira de Santana, local em que atua como professor e médico.

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: diretor@jornalgrandebahia.com.br.