Bahia ultrapassa meta e vacina mais de 94% do rebanho bovino contra aftosa

Gráfico apresenta involução da febre aftosa no Estado da Bahia.

Gráfico apresenta involução da febre aftosa no Estado da Bahia.

O índice da primeira etapa da campanha vacinação contra a febre aftosa, realizada durante o mês de maio deste ano, em todo o estado da Bahia, foi 94,54%. De acordo com os dados da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab),vinculada á secretaria da Agricultura da Bahia (Seagri), a meta de 90%, exigida pela OIE foi ultrapassada e, pelo segundo ano consecutivo, demonstra evolução entre os índices alcançados nestas etapas, após o pior resultado atingido de 91,15%, em 21013, em decorrência a seca que afeta o Estado.

Na primeira etapa, os 291.037 criadores, movidos pelo repente “Seu Nem, quantas cabeças você tem? É só vacinar contra Aftosa e tudo bem”, vacinaram 9.885.252 dos 10.456.646 bovinos e bubalinos existentes em todo Estado. Entre as regiões que obtiveram melhores índices estão Itapetinga (97,61%), Itaberaba (97,22%), Irecê (97,06%), seguidas por Teixeira de Freitas (96,89%) e Vitória da Conquista (96,61%). Vale ressaltar o trabalho realizado pelas gerências de Entre Rios, Cocos, Brumado e Itaberaba que alcançaram índices acima de 99%.

O diretor geral da Adab, Oziel Oliveira, acredita na importância desse alto índice de vacinação do rebanho para o bom desempenho da agropecuária no Produto Interno Bruto (PIB), sendo único setor que avançou no país no primeiro trimestre deste ano. “A Defesa é o suporte e passaporte para o sucesso da pecuária baiana, por isso é preciso estar atento à sanidade animal, para que nenhuma doença comprometa os rebanhos, com reflexos negativos na renda do produtor e para o agronegócio. Também sou pecuarista e vacino meu rebanho contra a febre aftosa, além de sempre destacar a importância das ações preventivas para garantir a saúde da população”.

Os três municípios que detém os maiores rebanhos ainda estão no Extremo Sul do Estado, pertencentes à Coordenadoria Regional da Adab em Teixeira de Freitas: Itamaraju, Itanhém e Guaratinga, na respectiva ordem. O município de Guaratinga apresentou uma redução de 7,85% no número de animais existentes, antes 163.003 agora 150.196, sendo ultrapassado por Itanhém, que também reduziu o rebanho, mas superou o quantitativo, antes com 162.923 e agora com 152.077. A região detém o maior rebanho da Bahia com 1.622.013 bovídeos existentes e vem sempre se destacando nos últimos anos como berço da pecuária baiana.

Dados do Sistema Informatizado da Adab mostram que 86% das 278.217 propriedades declararam a vacinação dentro do prazo estabelecido; sendo 1.201 vacinações assistidas em propriedades de maior risco à doença, totalizando 73.951 animais assistidos; e 141 vacinações em áreas indígenas e assentamentos, com mais 2.273 animais assistidos pelas equipes de médicos veterinários e técnicos da Defesa Agropecuária baiana. Os proprietários inadimplentes ficam sujeitos às sanções da lei.

Para o diretor de defesa Sanitária Animal, Rui Leal, os índices de cobertura vacinal alcançados mostra que o produtor está motivado e comprometido com a prevenção da enfermidade. “Trabalhamos para desenvolver a agropecuária baiana através de políticas públicas que beneficiam o produtor e confio naqueles que cumprem com o compromisso firmado em benefício da sanidade animal do Estado”.

O coordenador do Programa de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa da Bahia, Antônio Lemos Maia Neto, lembra que a próxima etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa será realizada durante o mês de novembro, quando os produtores terão que vacinar apenas os bovídeos na faixa etária de zero a 24 meses, além de declarar todos os animais da propriedade, mesmo que não possuam bovídeos no rebanho. “A expectativa da Adab é que o compromisso do produtor continue para fazer a Bahia ultrapassar os 95,55% de novembro do ano passado”.

Outras publicações

Fórum discute reforma do Código Florestal Os Fóruns Baiano e Brasileiro de Mudanças Climáticas realizarão, na próxima sexta-feira (06/05/2011), das 14:00 às 18:00, reunião conjunta para discut...
Caso ONG Instituto Brasil | MP atesta que não existe denúncia ou investigação contra Rui Costa O candidato da Coligação Pra Bahia Mudar Mais, Rui Costa, disse que a farsa eleitoral montada pela oposição está sendo desmontada. Documento do M...
Aumenta número de doações de órgãos na Bahia em 2014 Deputada Graça Pimenta salienta importância da doações de órgãos. A Bahia registrou 109 doações de múltiplos órgãos em 2014, o que representa um a...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br