Assistência técnica no sertão baiano estimula troca de experiência em assentamentos

Superintendência Regional do Incra na Bahia têm estimulado o intercâmbio de experiências de sucesso que ocorrem em projetos do sertão baiano

Superintendência Regional do Incra na Bahia têm estimulado o intercâmbio de experiências de sucesso que ocorrem em projetos do sertão baiano

Os serviços de assistência técnica e extensão rural disponibilizados pela Superintendência Regional do Incra na Bahia têm estimulado o intercâmbio de experiências de sucesso que ocorrem em projetos do sertão baiano. Uma das ações acontece na sexta-feira (17/07/2015), quando 20 mulheres do assentamento Belo Monte, em Valente, visitam o laticínio da Associação de Desenvolvimento Sustentável e Solidário da Região Sisaleira (Apaebe), no mesmo município.

É que 35 mulheres do Belo Monte foram contempladas com R$ 300 mil de um projeto da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), do Governo da Bahia, para aplicar em atividades produtivas em caprinocultura.

“Já houve uma capacitação de manejo de caprinocultura do leite, numa primeira etapa”, explica a técnica, Maria Amélia Barbosa, da Assessoria Técnica e Extensão Rural (ATER) do Incra/BA. Maria Amélia conta que o projeto já permitiu a aquisição de refrigerador de leite e de matrizes de animais.

Frutas do sertão

Outra ação da equipe de assessoria técnica será conduzir cinco trabalhadores rurais dos assentamentos Nova Esperança, Alto Bonito, Belo Monte e Mari, no município de Cansanção, para conhecer a Cooperativa Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá (Coopercuc). A iniciativa está prevista para ocorrer em agosto próximo.

Os assentados irão visitar a unidade da Coopercuc de Uauá que é uma agroindústria de beneficiamento de frutas do Sertão. Lá, frutas como umbu e maracujá do mato, manga, banana e goiaba se transformam em geleias, doces, compotas e sucos.

O estímulo para o desenvolvimento dessas atividades veio com o bem sucedido intercâmbio ocorrido em março. Na época, 13 trabalhadores rurais dos assentamentos Maravilha e Desterro, localizados no município de Monte Santo, visitaram o assentamento Bela Conquista e o Projeto Fundo de Pasto Bom Despacho, no município de Itiúba.

Nessas áreas, puderam conhecer atividades de beneficiamento de frutas – tais como geleias, doces, polpas e compotas –, e o trabalho em hortas comunitárias. De acordo com a técnica Maria Amélia o mais relevante foi a experiência em associativismo. “Nesse caso, o destaque foi verificar os resultados do trabalho em grupo, como a horta comunitária. A ação demonstrou que o associativismo fortalece o trabalho nos assentamentos”, esclarece.

Outras publicações

Prefeito de Valente tem representação encaminhada ao MP O Tribunal de Contas dos Municípios, na sessão desta terça-feira (03/05/2011), julgou procedente o termo de ocorrência lavrado na Prefeitura de Valent...
Governador Rui Costa entrega equipamentos para aumentar a produção de agricultores em Valente Governador Rui Costa entrega equipamentos a agricultores da região de Valente. Os produtores rurais de Valente, município localizado no Território d...
Valente sedia XIV Encontro de Produtores Orgânicos do Nordeste Evento em Valente reuniu agricultores. Produtores orgânicos do Nordeste e do Rio Grande do Sul, estão reunidos no Auditório da Fundação de Apoio à A...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br