Universidade federais da Bahia aderem a greve nacional

Cartaz da greve nacional deflagrada pelos professores das instituições públicas de ensino superior.

Cartaz da greve nacional deflagrada pelos professores das instituições públicas de ensino superior.

As universidades federais da Bahia aderiram à greve decretada no dia 28 de maio de 2015 pelo Sindicato Nacional dos Docentes de instituições de Ensino Superior (Andes). Segundo a entidade cerca de 20 instituições públicas de ensino superior aderiram ao movimento.

Os trabalhadores técnico-administrativos decidiram pela greve em plenária nacional na segunda-feira (25/05/2015). A greve envolve professores e trabalhadores técnico-administrativos de vários estados, e ocorre por tempo indeterminado.

Os servidores públicos pretendem pressionar o governo federal a ampliar os investimentos na educação pública. Entre as reivindicações, estão a reestruturação da carreira e a reposição de 27% das perdas salariais.

Segundo a Federação de Sindicatos de Trabalhadores Técnico-Administrativos em Instituições de Ensino Superior Públicas do Brasil (Fasubra), na última reunião com o governo, no dia 22 de maio, foram apresentadas posições que “efetivamente não acatam a centralidade” das demandas dos trabalhadores.

Para a Federação de Sindicatos de Professores de Instituições Federais de Ensino Superior (Proifes), que representa 11 sindicatos, o momento não é para a paralisação.

O Ministério da Educação (MEC) criticou a decisão pela greve, alegando que não houve um amplo diálogo prévio. Por meio de nota, representantes da pasta informaram que a deflagração do movimento agora só faria sentido “quando estiverem esgotados os canais de negociação”.

Baixe

Nota do Comando Nacional de Greve emitido pela Andes emitida em 28 de maio de 2015

Carta à Sociedade Brasileira emitida pela Andes em maio de 2015

Manifesto em Defesa da Educação Federal e a Declaração Internacional pelo direito à educação

 

 

 

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br