‘Santo Antônio’ pelo olhar do artista plástico Jean Marcos

Jean Marcos é natural de Candeias.

Jean Marcos é natural de Candeias.

Como um artista que preza o tradicional religioso, Jean Marcos produziu em mosaico a imagem de Santo Antônio em miniatura de 80 centímetros, realizando assim, uma homenagem ao Santo também de devoção.

A festa que contém treze dias de rezas, orações, pedidos e agradecimentos é chamada de Trezena de Santo Antônio. Iniciada em Portugal, foi levada pelos portugueses para antigas colônias e outros países, incluindo o Brasil que mantém a tradição em vários estados, principalmente na Bahia.

O artista baiano busca retratar em seus mosaicos as origens da Bahia, da mescla do povo originário no Brasil. Assim, descreve em suas obras lendas, crenças e ritos brasileiros como forma de perpetuação da cultura nacional. Seu trabalho artístico pode ser conhecido através de sua fan page:

Sobre Jean Marcos

Jean Marcos é natural de Candeias. Autodidata, inspira-se nas técnicas, milenares da arte musiva, palavra de origem grega que quer dizer mosaico. Além da alma artística, Jean também tem alma solidaria, realizando trabalhos voluntários com presidiários e crianças de comunidades carentes de Salvador, passando um pouco de sua técnica para produção de Mosaicos.

O artista reúne importantes projetos em prefeituras; a exemplo de Conceição do Coité, cidade com população de mais de 60 mil habitantes, localizada a 178 Km de Salvador; Pojuca, Irecê, Escola São Francisco do Conde, entre outras.

Sobre Santo Antônio

Nascido em Lisboa, Portugal, no século XIII, em 15 de agosto de 1195, Antônio de Pádua foi batizado com o nome de Fernando. Durante a juventude ingressou na vida religiosa, no primeiro momento, como membro da Ordem de Santo Agostinho e, alguns anos mais tarde, na Ordem Franciscana, na Itália, onde recebeu o nome de Antônio. Sua popularidade chegou ao Brasil graças aos colonizadores que vieram de Portugal.

Logo após a sua morte, Antônio foi canonizado em reconhecimento à sua vida de santidade além da sua notável cultura e intelecto, qualidades as quais o levaram a lecionar em universidades e o tornou o primeiro Doutor da Igreja vindo da Ordem Franciscana.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Facebook do JGB

Publicações relacionadas

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br