Salvador: São João no Terreiro de Jesus é sucesso e deixa público saudoso

Terreiro de Jesus recebe edição do São João 2015 com apresentação da banda Estakazero.

Terreiro de Jesus recebe edição do São João 2015 com apresentação da banda Estakazero.

Cinco dias de festa. Pouco tempo para conhecer toda a potencialidade do São João da Bahia, mas o suficiente para se divertir com amigos e familiares ao som do forró. Grandes atrações como Zelito Miranda, Estakazero, Saulo Fernandes e Cavaleiros do Forró subiram ao palco no Terreiro de Jesus, na noite de quarta-feira (24/06/2015), último dia dos festejos no Pelourinho/Centro Histórico de Salvador. Para aproveitar cada segundo que faltava, o publicou cantou, dançou e se encantou com as canções.

“O lugar para se divertir é aqui, no São João do Pelô. É impossível ficar parado. As bandas são ótimas e trazem músicas que a gente conhece e gosta. A gente acaba se contagiando”, afirmou a estudante Flávia Perelberg, 25 anos, que foi ao Terreiro de Jesus especialmente para assistir ao show de Saulo.

O clima familiar dos outros dias foi mantido. Quem compareceu ao Centro Histórico pôde perceber a interação das pessoas, independente da geração. Teve gente soltando fogos e saboreando as delícias da culinária junina. Para o taxista, Fábio Matos, a ocasião foi oportuna para reunir a família. “A rotina estava agitada esses dias. Trabalhei todos os dias, mas hoje escolhi dar uma parada no serviço e sair com a minha família. Gostamos muito de tudo no Pelourinho. Pena que hoje acaba. Para mim em especial, vai deixar o gostinho de quero mais”, ressaltou Matos.

A decoração com bandeirolas, balões e muitas cores quentes, somada à arquitetura tradicional do Centro Histórico, proporcionou a sensação de curtir o São João do interior em plena capital. O quadriculado e o chapéu, nem sempre de palha, ditaram a moda como vestimentas de crianças e adultos.

Para garantir o sucesso da festa e, principalmente, a segurança dos forrozeiros de plantão, a Polícia Militar, mais uma vez, esteve presente, o que contribuiu para que o técnico em telecomunicações, Marlos Lopes, se sentisse tranquilo para levar as três filhas para passear e desfrutar das coisas boas da festa.

Ele gostou do espaço, “cercado e amplo. Minhas filhas puderam brincar â vontade, soltar fogos, pular na cama elástica. Já, nós, adultos, tivemos a tranquilidade para assistir aos shows, dançar e conversar”. Os comerciantes também foram beneficiados com os festejos no Terreiro de Jesus e nas praças Tereza Batista, Quincas Berro D’Água e no Largo Pedro Arcanjo. Segundo Guacyara Mattos, 39, as vendas aumentaram em média 30% em sua barraca, que oferece à clientela bebidas alcólicas e comidas de azeite.

“Esse São João foi muito bom para todos”, enfatizou Guacyra. “A gente percebeu que as pessoas estavam mais leves, procurando se divertir de maneira simples e com o lazer de qualidade. Nós do comércio, então, só temos o que comemorar. Graças a Deus, as vendas cresceram bastante. Na minha barraca o faturamento superou os 30%. Compensou o mês anterior em que as vendas não foram grande coisa, mas teve gente que faturou ainda mais”.

Atrações

O dia 24 marcou o encerramento do São João no Terreiro de Jesus, organizado pela Secretaria do Turismo (Setur), por meio da Bahiatursa. Nos cinco dias de festa, grandes atrações como Adelmário Coelho, Targino Gondim, Elba Ramalho, Calcinha Preta, Israel Novaes, Zelito Miranda, Estakazero e Saulo Fernandes, levaram divertimento ao público.

“A música de Luiz Gonzaga é uma música que fica no nosso subconsciente. Faz parte da nossa cultura musical, o que a gente aprendeu. Que bom a gente estar nesse momento de loucura, que a gente pode falar de cultura que atravessa gerações”, afirmou Saulo Fernandes, que homenageou grandes artistas como Dominguinhos, Gonzaguinha e Luiz Gonzaga.

Para o vocalista da Estakazero, Leo Macedo, mesmo ainda tendo shows em outros municípios baianos, a sensação já é de saudade do período junino. “Para um forrozeiro, o São João é o grande momento do ano. É quando a gente tem a oportunidade de mostrar o nosso trabalho para um público maior, sentir a energia dele e passar coisas para ele”.

Cultura gratuita e de qualidade

Outro destaque do último dia de festa, o cantor Zelito Miranda, se sente lisonjeado de poder fazer parte de um evento que atrai novamente a atenção do povo baiano ao Centro Histórico. “Aqui [no Pelourinho], nós temos muitas coisas bonitas, a arquitetura e principalmente a história. Daqui surgem grandes produções que merecem ser conhecidas pelo público. O povo precisa voltar a frequentar esta parte da cidade, e eu acho que o São João é a principal maneira de atraí-lo”.

Na visão do secretário estadual de Cultura, Jorge Portugal, que marcou presença no evento, o São João no Pelourinho cumpriu o seu papel de oferecer cultura de qualidade de forma gratuita à população. “Foi uma festa com total êxito. Contemplamos o público com grandes atrações. Não foi apenas quem viajou que pôde se divertir”. Embora os shows no Terreiro de Jesus terminem nesta quarta, as apresentações continuam nas praças Tereza Batista, Quincas Berro D’Água e no Largo Pedro Arcanjo, desta sexta-feira (26) até a próxima segunda (29).

Outras publicações

Contas da Câmara de Salvador são rejeitadas pela quarta vez consecutiva As contas do ex-presidente da Câmara de Salvador, Valdenor Moreira Cardoso, relativas ao exercício de 2008, foram rejeitadas pelo Tribunal de Contas d...
No dia 20 de novembro, o presidente Lula assina na Bahia decreto federal de Promoção da Igualdade Racial Presidente Lula visita Salvador no dia 20 de novembro, Dia Nacional da Consciência Negra e assina decreto. Na foto: o ministro Geddel Vieira Lima, Pr...
Bahia reforça proteção à criança e ao adolescente durante Jogos Olímpicos Plantão Integrado de Proteção à Criança e ao Adolescente, durante os jogos Olímpicos Rio 2016. Baianos e turistas estão convocados a vestir a camisa...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br