Em entrevista à Rádio Povo, líder do governo Rui Costa discute situação dos terceirizados, escola estadual em Feira de Santana e conjuntura política

Deputado Zé Neto concede entrevista à Rádio Povo e debate temas da administração estadual.

Deputado Zé Neto concede entrevista à Rádio Povo e debate temas da administração estadual.

Para tratar sobre a situação dos terceirizados, obras da Lagoa Grande, Centro de Convenções e conjuntura política nacional, estadual e municipal, entre outros assuntos, o deputado estadual Zé Neto, líder do governo na Assembleia Legislativa, foi entrevistado nessa manhã de segunda-feira (22/06/2015) no programa “Bahia em Debate” da Rádio Povo, em Feira.

Privatização dos Correios

Durante a entrevista, o radialista Wilson Passos indagou ao deputado sua opinião sobre a privatização ou não dos Correios, devido à crise instalada na empresa. Zé Neto defendeu a melhoria nos serviços prestados e confirmou para os próximos meses uma audiência pública para discutir o tema. “Não defendo a privatização, mas sim a melhoria no serviço ofertado pela empresa. Essa crise que os Correios têm passado em todo o Brasil chegou aqui também a Feira de Santana. Se pensava até que com a internet, houvesse uma diminuição no volume de correspondências, mas entregas de contas, compras, boletos ainda utilizam bastante os serviços dos Correios, ou seja, nunca vai deixar de ser importante para a população. Inclusive, o tema tem me deixado bastante insatisfeito e já pensávamos em convocar uma audiência pública para debater o assunto. Devemos realizar entre final de julho e agosto.

É importante então, que ao invés de privatizar, possamos buscar uma flexibilização nos serviços ofertados pelos Correios. Por exemplo, concessões laterais como correspondentes que pudessem contribuir, auxiliar, na prestação de tais serviços”.

Situação dos terceirizados

Sobre os terceirizados que prestam serviços ao Governo do Estado, o deputado esclareceu que essa situação restringe-se, praticamente, ao setor da educação, mas que as licitações que serão feitas resolverão os problemas, além do  funcionamento  da Lei Anti-calote. “A empresa que ganhar a licitação nos lotes vai comandar da limpeza à segurança, sem esse fatiamento que existe hoje. O que acontece em três ou quatro empresas de dez que atuam aqui em Feira e acaba dando esse ruído é que as empresas, ao se comprometerem quando ganham a licitação, precisam ter lastro financeiro para suportar três meses, essa é a carência que o Estado pede. E muitas não tem cumprido o está previsto no edital.

Nós que defendemos isso, inclusive foi eu que pautei essa discussão e o projeto da minha colega Maria Del Carmen que é a Lei Anti-Calote no qual diz que cada empresa só pode ter lastro pra uma licitação exclusivo, evitando, por exemplo, que o mesmo lastro declarado por uma empresa seja usado em mais de uma licitação. Quanto à situação dessas empresas que estão com problemas de repasses aqui na cidade, faremos o possível para que não haja prejuízo para os trabalhadores”.

Escola Estadual em Feira de Santana

Segundo Zé Neto, a obra da escola estadual no Bairro Viveiros, em Feira de Santana, está parada pois “as medições precisam ser refeitas, devido a extinção do órgão Sucab (Superintendência de Construções Administrativas da Bahia), cobrança legal do TCE (Tribunal de Contas do Estado), e transferência de responsabilidade para outro órgão. Mas, não tenho dúvidas que será um grande equipamento para a comunidade devido a não necessidade de deslocamento para o bairro vizinho, como acontece atualmente”, pontuou.

Durante a entrevista o deputado respondeu ainda questionamentos sobre pré-candidatura, sobre o qual respondeu que ainda não é o momento para se discutir isso, já que seu mandato atual é o de deputado e é através dele que precisa prestar contas à comunidade feirense; sobre o andamento das obras da Lagoa Grande, os planos do governador Rui Costa para o novo Hospital Geral da cidade (licitação deve sair até o final do ano) e sobre o Centro de Convenções.

Outras publicações

Feira de Santana: vereador cobra maior fiscalização a ligeirinhos Vereador José da Costa Correia Filho (Correia Zezito) cobra maior fiscalização a ligeirinhos. O vereador Correia Zezito (PTB), nesta segunda-feira (...
Feira de Santana: oficina gratuita traz dicas sobre vendas para microempreendedores individuais Estão abertas as inscrições para a oficina SEI Vender, que acontece no próximo dia 4 de fevereiro de 2015, das 14h às 17h, na sede da Unidade Regional...
Feira de Santana: vereador Pablo Roberto faz pronunciamento em defesa pessoal Pablo Roberto: "Desde os meus 16 anos pratico a política em defesa da criança e do adolescentes, dos direitos humanos. Esses dias tem sido muito desg...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br