Líder da Oposição diz que governo Rui Costa perde controle sobre a violência

Deputado Sandro Regis critica gestão da segurança pública.

Deputado Sandro Regis critica gestão da segurança pública.

O líder da Oposição na Assembleia Legislativa, deputado Sandro Régis (DEM) disse nesta quarta-feira, (03/06/2015), ao ser entrevistado por  site de notícias,  que o Governo do Estado perdeu completamente o contro sobre a violência, cuja a escalada nos últimos meses atingiu índices alarmantes. “Estamos vivendo uma verdadeira guerra civil”, alertou o democrata, apontando os números desse primeiro trimestre de 2015, divulgados oficialmente pelo próprio governo e que constata o assassinato de 1.503 baianos, número maior que o de São Paulo e o do Rio de Janeiro, estados com maior população que a Bahia. Nesse mesmo período São Paulo registrou 1.454 mortes, incluindo homicídios dolosos por acidente de trânsito e o Rio de Janeiro, 1.150. ” Já a Bahia, que tem população menor, superou esses números e já é considerado o estado mais  violento do país”, indignou-se, acrescentando que de 2002 a 2012 o crescimento de assassinatos na Bahia atingiu a inacreditável marca de 242%, conforme atesta o Mapa da Violência..

“Estamos perplexos e alarmados diante da total falta de segurança, que vem gerando temor e pânico, tanto na capital como em praticamente todos os municípios baianos”, advertiu Sandro Régis, lembrando os acontecimentos violentos dos últimos dias  que geraram terror em diversos pontos do Estado, a exemplo das explosões de caixas eletrônicos, assalto a ônibus coletivos com assassinato de cobrador e passageiro, além da ação desafiadora de uma quadrilha que invadiu a cidade do Conde atirando, fazendo reféns e assaltando a única agência bancária da cidade.

” O Estado perde a guerra da criminalidade”, criticou o deputado informando que só este ano 100 bancos sofreram ataques dos criminosos. “Não se trata de partidarizar e nem fazer discuso político sobre a violência. O crescimento da violência na Bahia é fato, está diagnosticada e expressa nas estatísticas divulgadas pelo próprio governo”, ponderou Sandro Régis, informando que os dados desse primeiro trimestre de 2015 apontam também que em relação a 2014, cresceu o índice de roubo seguido de morte, em 66,67%, roubo de ônibus urbano, em 43,69% e furto de veículo, em 3,15%. “Conforme dados da SSP, nos primeiros três meses desse ano nada menos que 4.774 veículos foram roubados na Bahia, sendo 2.227 em Salvador”, informou, cobrando imediatas e enérgicas providências do governo para reverter esse quadro que, segundo ele, vai se tornando cada vez mais dramático e assustador. “Em sua mensagem ao Legislativo no início do seu mandato o governador Rui Costa garantiu eficientes ações de combate à violência com a criação de unidades especiais e implantação de Força-Tarefa e até agora o que assistimos é a Bahia perder a guerra contra a violência e contra a bandidagem”, finalizou.

Outras publicações

Bacia do São Francisco contará com novo instrumento de gestão Penedo AL Baixo S.F. Comitê do São Francisco apresenta ao ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho, estudo balizador para o novo programa de...
Secretaria de Cultura da Bahia promove seminário com apoio da senadora Lídice da Mata Senadora Lídice da Mata apoia cultura. Criar um espaço de diálogo e análise das ações culturais voltadas para as mulheres de todo o Brasil, bem como...
Bahia – Eleições 2014: ao aceitar composição, Geddel Vieira Lima declara: “tenho que continuar dando a minha contribuição para construir a Bahia do futuro”... Geddel Vieira Lima: "Lutei com todas as minhas forças para ser candidato ao Governo da Bahia. Mas no Senado terei a oportunidade de mostrar com meu t...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br