Gestão de João Martins na presidência da Faeb é suspeita de grave irregularidade. Pecuarista participa de 17 representações em entidades distintas

Depois de 15 anos no poder da Faeb, gestão de João Martins da Silva Júnior é questionada.

Depois de 15 anos no poder da Faeb, gestão de João Martins da Silva Júnior é questionada.

Relação das entidades em que João Martins da Silva Júnior possui representatividade. Faeb não informou quanto o presidente João Martins fatura em  jetons.

Relação das entidades em que João Martins da Silva Júnior possui representatividade. Faeb não informou quanto o presidente João Martins fatura em jetons.

Depois de 15 anos na presidência da Federação da Agricultura do Estado da Bahia (FAEB), João Martins da Silva Júnior passou a ser questionado com relação à condução da entidade. O pecuarista e prefeito de Andaraí, Wilson Paes Cardoso (PSB), lidera um grupo de empresários do agronegócio e membros da agricultura familiar descontentes com a gestão de Martins.

O grupo liderado por Wilson Cardoso informou que sopesam contra a presidência de João Martins suspeita de graves irregularidades, a exemplo de:

– Patrimonialização da entidade, sendo reeleito seguidamente por 15 anos.

– Descumprimento da legislação no que concerne o processo eleitoral de renovação da direção da entidade. Inclusive, sendo revogado processo eleitoral por ordem judicial.

– Esvaziamento da representatividade da entidade, com a perda de associados no período em que preside a Faeb.

– Cerceamento do direito de fala, por parte dos associados, durante as reuniões presididas por João Martins.

– Falta de transparência pública dos gastos realizados pela entidade.

Além destes elementos, investigações do Jornal Grande Bahia (JGB) apontaram que a presidência da Faeb pode estar rendendo uma fortuna em jetons oriundos do pagamento por participação no conselho de entidades governamentais e não-governamentais.

João Martins, segundo a própria Faeb, participa do conselho de 17 entidades. Algumas delas realizam o pagamento de jetons, a exemplo da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (SUDENE) e Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE).

Foi encaminhado para a assessoria de imprensa da Faeb um questionário. Dentre os itens do questionário, deveria ser informado quanto João Martins estava recebendo por mês por participar do conselho das 17 entidades? Até o momento da publicação da matéria a assessoria de imprensa não informou o milionário montante que Martins pode estar recebendo por participar de tantos conselhos simultaneamente.

Observa-se que os recursos oriundos da participação nesses conselhos, na maioria dos casos, possuem origem no setor público. Observa-se, também, que a participação simultânea em tantas entidades governamentais e não-governamentais podem indicar que João Martins acumulou mais funções nas quais não participa com efetividade.

MPF será notificado

Resultado de jornalismo investigativo, nos próximos dias o JGB vai publicar novas matérias sobre a atuação de João Martins. Ao final, todo o conteúdo será encaminhado para o Ministério Público Federal (MPF), na forma de representação.

Leia +

Gestão de João Martins na presidência da Faeb é suspeita de grave irregularidade. Pecuarista participa de 17 representações em entidades distintas

Gestão da Faeb omite informações e documentos referentes ao processo eleitoral

Justiça determina suspensão da eleição da Faeb, e Chapa Renovar requisita afastamento do presidente João Martins e instalação de comissão eleitoral independente

Assembleia da Faeb é marcada por graves indícios de irregularidade

Presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Feira de Santana avalia que falta democracia no processo para escolha da nova direção da Faeb

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: diretor@jornalgrandebahia.com.br.