Codevasf marca ‘Dia Mundial do Meio Ambiente’ com programação especial no Médio São Francisco baiano

Codevasf investe R$ 1,3 bilhão em ações ambientais.

Codevasf investe R$ 1,3 bilhão em ações ambientais.

Plantio de mudas nativas e oficina com a participação de estudantes e professores, exibição de filmes e uma caminhada em direção ao rio São Francisco são algumas das atividades que integram a programação da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco (Codevasf) para marcar a semana em que se comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente no município de Bom Jesus da Lapa, sede da 2ª Superintendência Regional da Companhia.

O plantio de mudas nativas será na segunda-feira (01/06/2015), na área externa da escola da comunidade ribeirinha e quilombola de Lagoa das Piranhas, sob a coordenação de técnicos da Unidade Regional de Meio Ambiente. Antes do plantio, será ministrada uma oficina de meio ambiente para professores e alunos da escola.

Também na segunda-feira, no auditório da 2ª Superintendência Regional da Codevasf, será apresentado às 16h o relatório da pesquisa realizada junto aos funcionários da Superintendência com o tema “Copos Descartáveis x Copos Duráveis”. Promovida em 2014, a campanha disponibilizou canecas duráveis para o corpo de funcionários com o intuito de reduzir a utilização de copos plásticos descartáveis.

“Esta é uma boa oportunidade para se refletir acerca das influências das ações do homem na Terra. O objetivo das atividades é sensibilizar seus colaboradores para a necessidade de repensar suas práticas visando à preservação do planeta em que vivemos, e que é o nosso lar”, frisa Izis Alves, chefe da Unidade Regional de Meio Ambiente da Codevasf em Bom Jesus da Lapa.

Na terça-feira (2), também no auditório, a partir das 16h, será a vez do “Cine Meio Ambiente e Debate”, com a exibição de “A Era da Estupidez”. O filme, que mistura documentário com ficção, retrata um planeta Terra no futuro, em 2055, totalmente devastado, através do olhar de um sobrevivente. A obra, estrelada pelo ator britânico Pete Postlethwaite, que foi indicado ao Oscar pelo filme “Em nome do pai”, mostra a que ponto pode chegar a destruição ambiental e alerta para a responsabilidade de cada indivíduo em impedir uma anunciada catástrofe global.

Na quarta-feira (3), a partir das 7h, a Codevasf se integra ao Movimento em Defesa do rio São Francisco, promovido pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), que realizará uma caminhada partindo da antiga praça da prefeitura em direção ao rio São Francisco. Na chegada ao rio, a Codevasf irá coordenar a soltura de cinco mil alevinos produzidos no Centro Integrado de Recursos Pesqueiros e Aquicultura de Xique-Xique.

Ao longo da semana a Codevasf estará também presente na programação da 1ª Semana do Meio Ambiente organizada pela Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB), quando serão exibidos os filmes “A Lei da Água” (1/6) e “Espelho d´Água (2/6), seguidos por debates.

O chefe regional da Assessoria de Comunicação e Promoção Institucional da Codevasf, Demétrios Rocha, será um dos debatedores na terça-feira (2), quando estará em discussão o tema da obra “A Lei da Água”. A exibição dos filmes e os debates acontecerão na sede da universidade na segunda (1º) e terça (2) a partir das 19h.

Sete bilhões de sonhos 

O Dia Mundial do Meio Ambiente foi criado em cinco de junho de 1973 com o objetivo de conscientizar a sociedade para a temática do meio ambiente. A data foi recomendada pela Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente, realizada em 1972, em Estocolmo, na Suécia. No mesmo dia, a Assembleia Geral da ONU aprovou a criação do Programa Ambiental das Nações Unidas (PNUMA).

O PNUMA é a principal autoridade global em meio ambiente e é a agência do sistema das Nações Unidas (ONU) responsável por promover a conservação do meio ambiente e o uso eficiente de recursos no contexto do desenvolvimento sustentável. O tema deste ano é “Sete bilhões de sonhos. Um planeta. Consuma com cuidado”, destacando a eficiência de recursos e consumo e produção sustentáveis no contexto da capacidade regenerativa do planeta.

Serviço 

Programação comemorativa ao Dia Mundial do Meio Ambiente em Bom Jesus da Lapa (BA):

1º/06 – manhã – plantio de mudas nativas e oficinas sobre meio ambiente na comunidade quilombola Lagoa das Piranhas

1º/06 – 16h às 16h30 – Apresentação do Relatório da Pesquisa: Copos Descartáveis x Copos Duráveis no auditório da 2ª SR da Codevasf

2/06 – 16h às 18h – Cine Meio Ambiente e Debate: A Era da Estupidez – auditório da 2ª SR da Codevasf

3/06 – a partir das 7h – Caminhada e peixamento junto com o Movimento em Defesa do rio São Francisco

Outras publicações

Ibama emite nota técnica e atesta prejuízos para o rio São Francisco com vazão reduzida Canindé do São Francisco. Utilizar as redes sociais para integrar os estudantes e promover debates sobre temas escolhidos pelos próprios alunos. Ess...
Revitalização do São Francisco pode custar R$ 30 bilhões Controle ambiental de dragagem no rio São Francisco é realizado pela Codevasf. Todas as ações necessárias para a revitalização da Bacia do Rio São F...
Artesanato faz parte da identidade sociocultural do Baixo São Francisco sergipano e gera renda para população local Artesanato do São Francisco gera emprego e renda. Artesanato do São Francisco preserva identidade cultural. O artesanato é uma importante manife...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br