Seagri e Senar Bahia firmam parceria para fortalecer a fruticultura brasileira

Seagri e Senar Bahia firmam parceria para fortalecer a fruticultura brasileira Seagri e Senar Bahia firmam parceria para fortalecer a fruticultura brasileira

Seagri e Senar Bahia firmam parceria para fortalecer a fruticultura brasileira

Polo nacional de fruticultura, o Vale do São Francisco produz em média 98% das frutas exportadas in natura no País, com destaque para a manga, que abrange 90% da produção baiana que sai do Brasil. Com objetivo de fortalecer e impulsionar a produção dessa cadeia produtiva, a Secretaria Estadual da Agricultura (Seagri) e o Sistema Faeb/Senar firmaram parceria para instalação do Centro de Excelência de Fruticultura, em Juazeiro. O secretário da Agricultura do Estado, Paulo Câmera, e o presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e da Federação da Agricultura e Pecuária da Bahia (Faeb), João Martins, assinaram o termo de concessão real de uso de parte das instalações do Distrito Industrial do São Francisco, para construção dessa unidade de fruticultura do Senar Bahia. A área cedida pela Seagri é um domínio de 18.613 m² da área.

 “Além de valorizar ainda mais a fruticultura pujante da região, a instalação do centro vai impulsionar a economia local. A união de esforços só incrementa a política de desenvolvimento no campo, portanto é imprescindível expandir essa parceria, entre governo do Estado e Sistema Faeb/Senar, para outros projetos”, afirmou o secretário Paulo Câmera, pontuando que “também está buscando parcerias com outras entidades do setor para empreender os projetos da nova Secretaria da Agricultura”.

O centro de formação profissional e tecnológico é voltado para gestão e cadeias produtivas, destinado a ofertar cursos técnicos de nível médio. A unidade faz parte de uma rede integrada de ensino, que irá disseminar o conhecimento nacionalmente, com previsão de instalação inicial de 10 centros. “Esse centro em Juazeiro faz parte de um projeto nacional, com objetivo de alocar dez grandes centros no Brasil, e para a Bahia foi destinado o de fruticultura. Tivemos do governo do Estado e da Secretaria da Agricultura a agilidade necessária na transferência do terreno para a construção da unidade, uma parceria que vai impactar na fruticultura do Brasil, porque o centro não vai servir só à Bahia, mas abranger estados desde o Acre até o Rio Grande do Sul”, ressaltou o presidente João Martins, destacando que a construção da unidade terá um investimento de mais de R$8 milhões. De acordo com o superintendente do Serviço Nacional de aprendizagem Rural da Bahia (Senar/BA), a meta é capacitar mais de dez mil técnicos e qualificar 20 mil em formação inicial e continuada por ano, nos dez centros.

Além de Câmara e Martins, participaram do encontro o vice-presidente, Humberto Miranda; o vice-presidente administrativo financeiro, Edson Diogo Moniz e o vice-presidente de Desenvolvimento Agropecuário, Guilherme Moura, todos da Faeb.

Publicidade

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]