MST chega a Salvador e homenageia ministro Jaques Wagner

Membros do MST comemoram fim da caminhada.

Membros do MST comemoram fim da caminhada.

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) já está em solo soteropolitano. O grupo de mais de seis mil sem terras chegou nesta segunda-feira (16/03/2015) e homenageou o aniversariante do dia, o ministro da Defesa e ex-governador da Bahia, Jaques Wagner. Os ativistas em luta pela reforma agrária não escondem a admiração que têm por Wagner e reconhecem que o estado avançou nas políticas para o campo, principalmente com projetos como o luz e água para todos. Segundo o dirigente nacional do MST, o baiano Márcio Matos, a atuação de Wagner “foi o divisor de águas no estado”.

“Desde que ele era deputado federal apoiou e deu espaço para as manifestações pacíficas do movimento. Estamos gratos pelo avanço, mas ainda temos muito pela frente e o governo de Rui Costa fará mais pela luta pela terra, a Bahia precisa de avanço, o campo precisa de mais atenção e nossa pauta ainda leva mais equipamentos públicos para assentamentos, além de lutarmos pelo fim dos agrotóxicos e da hegemonia do capital e do agronegócio”, aponta Matos.

Ainda de acordo com o dirigente, o MST deve ser recebido esta semana pelo governador baiano. São mais de seis mil trabalhadores rurais que caminharam de Feira de Santana até Salvador, desde a última segunda-feira (9), acampando nas margens da BR-324. “O movimento já está na cidade. Montamos acampamento no bairro de Águas Claras, em Salvador. Foram mais de 100 quilômetros debaixo do sol e expostos na estrada, mas conseguimos chegar com organização e vamos seguir para o Centro Administrativo da Bahia, onde acampamos até o governador nos receber”, aponta Márcio Matos.

Publicidade

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]