Assaltos em transporte de professores e estudantes na zona rural de Feira de Santana é intensificado

Vista aérea da sede do Distrito de Humildes em Feira de Santana. Violência afeta moradores da zona rural do município.

Vista aérea da sede do Distrito de Humildes em Feira de Santana. Violência afeta moradores da zona rural do município.

A insegurança em Feira de Santana está tomando proporções absurdas. Este ano, marginais iniciaram um ataque em série, pasmem os cidadãos feirenses, contra veículos que transportam estudantes que moram nos distritos e estudam na sede do município e também os carros que conduzem professores para as escolas da zona rural.

Cinco assaltos desta modalidade já foram registrados em 2015. Dois deles ocorreram nesta segunda-feira (23/03/2015). Um contra estudantes, outro tendo como vítimas professores. Eles seguiam para o distrito de Jaguara, quando foram surpreendidos. Ao que tudo indica, uma quadrilha está se especializando neste tipo de crime.

As polícias Civil e Militar já tem conhecimento da situação, e embora já se contabilize dezenas de vítimas, pelo visto essas corporações ainda não estão dando ao caso a importância devida. Com a facilidade que estão encontrando, os bandidos se sentem à vontade, enquanto professores e alunos se encontram desesperados.

Se não houver um combate efetivo, o quadro pode agravar-se, com o crescimento dos ataques. Essa onda de assaltos em veículos que atendem à rede municipal de ensino, certamente, pode causar sérios reflexos para a educação de dessas crianças e instabilidade entre os professores.

A administração municipal já  comunicou o problema e solicitou providências do comando regional da Polícia Militar. Medidas também são esperadas da parte da APLB junto as autoridades policiais. Afinal, é a entidade que representa o professorado. Até aqui, foram dois assaltos contra veículos transportando professores e outros três ataques a estudantes.

No roubo mais recente, ocorrido nesta segunda-feira, professores foram fotografados e ameaçados pelos marginais. Os criminosos tentam intimida-los a prestar queixa na polícia. Com medo de que os assaltantes possam “se vingar”, as vítimas estão com medo de procurar a polícia e até de falar à imprensa. Celulares, dinheiro, joias, bolsas e até tênis  estão sendo roubados.

Publicidade

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]