Governo da Bahia mobiliza ações para mitigar danos causados pela chuva na região do Baixo Sul

Governo, políticos e sociedade civil debatem ações.

Governo, políticos e sociedade civil debatem ações.

O Governo da Bahia decretou estado de emergência em 16 municípios da região do Baixo Sul. O documento, de número 15.757, foi publicado na edição desta sexta-feira (19/12/2014) do Diário Oficial do Estado, motivado pelos danos causados pelas fortes chuvas que atingiram a região nos últimos dias, como deslizamentos de terra e rupturas de pontes e estradas. Por iniciativa da Casa Civil do Governo, diversos órgãos foram mobilizados para desenvolver ações emergenciais em benefício da população afetada.

Uma reunião foi realizada na tarde de quinta-feira, no Gabinete da Casa Civil, a fim de organizar os próximos passos a serem tomados para mitigar os efeitos da chuva. Participaram do encontro, além do secretário e do chefe de gabinete da Casa Civil, Carlos Mello e Bruno Dauster, representantes do Corpo de Bombeiros, das secretarias estaduais de Segurança Pública, de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza (Sedes) e sua Superintendência de Proteção e Defesa Civil (Sudec), de Infraestrutura (Seinfra), de Relações Institucionais, de Desenvolvimento Urbano e do Departamento de Infraestrutura de Transportes da Bahia (Derba).

Para Bruno Dauster, é importante que esta mobilização seja articulada em conjunto. “Montamos um grupo de trabalho dinâmico para enfrentar esse processo de forma rápida e eficiente. Uma das possibilidades é o repasse direto de recursos para as prefeituras e, assim, garantir a capilaridade das ações”.

O superintendente da Sudec e coordenador do grupo de trabalho, Salvador Brito, afirmou que o decreto permite que o estado atue emergencialmente nas cidades afetadas, facilitando a redução dos danos em caráter de urgência. “Precisamos reestabelecer os serviços essenciais para a população, como o acesso a abrigo, alimentação e medicamentos. O deslocamento de máquinas para a região e a recuperação do acesso das pessoas às rodovias também estão entre primeiras medidas a serem tomadas por parte do Estado”.

Segundo o secretário Carlos Mello, a prioridade do Governo é amenizar o sofrimento das famílias. “O nosso objetivo é agir de forma concreta para, o quanto antes, dar conforto àqueles que foram diretamente atingidos”.

Estão inseridos no decreto os municípios de Presidente Tancredo Neves, Laje, Igrapiúna, Ituberá, Ipiaú, Nilo Peçanha, Ubatã, Cairu, Camamu, Valença, Teolândia, Taperoá, Aurelino Leal, Maraú, Ibirapitanga e Barra do Rocha.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]