MST vai intensificar a luta pela reforma agrária em 2014

Deputado federal Valmir Assunção defende ampliação da reforma agrária.

Deputado federal Valmir Assunção defende ampliação da reforma agrária.

Com proposta de intensificar a luta pela reforma agrária em todo o país e participar ativamente do processo eleitoral de 2014, foi encerrado na tarde deste sábado (21/12/2013) em Salvador, o 26º Encontro Estadual do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terras), que reuniu, no Parque de Exposição, aproximadamente 1.500 militantes do movimento. O evento conseguiu colocar no meio dos debates, além de dirigentes de movimentos sociais e políticos, como o deputado federal Valmir Assunção e o chefe da Casa Civil do Estado, Rui Costa, o governador Jaques Wagner, que na última sexta-feira (20) garantiu que vai intermediar, no próximo ano, uma audiência dos líderes do movimento com a presidenta Dilma Roussef.

No encerramento, além dos compromissos firmados com vistas à realização do 6º Congresso Nacional do MST, que vaia acontecer em Brasília, em fevereiro do próximo ano, foi reafirmada a permanência, como dirigentes nacionais do movimento, os líderes Márcio Matos e Elisabeth Nunes para mais um mandato. O deputado federal Valmir Assunção, que falou no encerramento do encontro, disse que 2013 foi um ano difícil para a reforma agrária, que teve poucas ações de desapropriações de terras por parte do governo federal, além da morte de líderes do movimento, como a de Fábio Santos, morto em, Iguaí no início do ano. “Mas também foi um ano de reafirmação da nossa luta e de vitórias, como a efetivação do Assentamento Rosa do Prado, depois de 19 anos de luta”, disse.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]