Prefeitura de Feira de Santana implanta nova dinâmica na limpeza pública

Construrban assume limpeza pública de Feira de Santana.

Construrban assume limpeza pública de Feira de Santana.

O trabalho de limpeza pública de Feira de Santana passa a operar com nova dinâmica, a partir da execução dos serviços pela empresa Construrban Engenharia de Construções Ltda, contratada emergencialmente para um período de seis meses. A previsão de ajuste dos horários para a realização das ações de limpeza nesta fase de transição, de acordo com a Secretaria de Serviços Públicos (Sesp), é de uma semana.

A Construrban assumiu o serviço desde a manhã de quarta-feira, 28, com nova metodologia de trabalho e uma frota de 19 caminhões compactadores. Para otimizar os trabalhos e evitar impacto social, garantiu a manutenção dos empregos dos funcionários demitidos pela empresa Jotagê, que vinha executando a limpeza pública na cidade.

Em função da contratação de nova empresa para manutenção da limpeza pública, conforme o secretário de Serviços Públicos, Manoel Cordeiro, a necessidade de prazo para adequação do serviço às novas diretrizes da empresa contratada. “A previsão é de que a normalização dos serviços ocorra dentro de uma semana”.

Manoel Cordeiro observa que a fase de transição das empresas demanda da redução de alguns serviços. Isto porque os funcionários passaram por uma fase de exames para demissão e outra de exames para admissão.

“Houve mudança de coordenadores com a nova direção impondo ajustes de metodologia de trabalho. Nossa expectativa é que as experiências novas trazidas pela Construrban proporcionem ganhos na qualidade dos serviços”, frisou o secretário.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia).