Deputado José de Arimatéia entrega dois milhões de assinaturas no Congresso, da campanha Assine+Saúde

José Arimatéia: “O projeto irá beneficiar a saúde no Brasil inteiro, mesmo aos estados que não tenham participado da campanha. Acredito que o PRB está dando sua contribuição nessa ação”.

José Arimatéia: “O projeto irá beneficiar a saúde no Brasil inteiro, mesmo aos estados que não tenham participado da campanha. Acredito que o PRB está dando sua contribuição nessa ação”.

Deputado José Arimatéia entrega documentos à congressistas.

Deputado José Arimatéia entrega documentos à congressistas.

Mais de 100 mil assinaturas recolhidas durante nove meses de mobilização pelo deputado estadual José de Arimatéia (PRB-BA), através da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa, foram entregues ao Congresso Nacional, ontem (14/08/2013).

O republicano apresentou pessoalmente a contribuição do estado da Bahia na campanha “Assine+Saúde”, que cria o Projeto de Lei de iniciativa popular com o propósito de ampliar os recursos da União, por meio da exigência de aplicação mínima de 10% da receita corrente bruta do país, na área da Saúde.

“O projeto irá beneficiar a saúde no Brasil inteiro, mesmo aos estados que não tenham participado da campanha. Acredito que o PRB está dando sua contribuição nessa ação”, aponta Arimatéia.

De acordo com ele, o Congresso Nacional recebeu, no total, dois milhões de assinaturas colhidas em onze estados que também se manifestaram favoráveis à emenda 29.

“Era necessário o recolhimento de 1,5 milhão de assinaturas, mas o projeto chega hoje à Casa com 2 milhões”, comemora Arimatéia. Segundo o deputado, Minas Gerais lidera a campanha com o maior número de assinaturas recolhidas ao longo de um ano e meio, seguido de Santa Catarina e da Bahia, que foi o terceiro estado mais a recolher o maior número de assinaturas.

O deputado José de Arimatéia explica ainda que os recursos devem ser investidos em médicos e equipamentos para uma melhor estrutura dos hospitais. “Dinheiro para a saúde tem, mas quanto mais, melhor. Depois de aprovado o Projeto de Lei esperamos que o Ministério intensifique a fiscalização do dinheiro público empregado neste setor”, ressalva. O projeto popular foi entregue ao presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, e aguarda aprovação da presidente Dilma Rousseff.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia).