Ex-prefeito Tarcízio Pimenta emite nota e diz que relação entre prefeitura de Feira de Santana e Subaé Brasil foi estabelecida por José Ronaldo

Prefeito José Ronaldo de Carvalho e o ex-prefeito Tarcízio Pimenta. Responsabilidade pelo convênio com a Subaé Brasil é da administração de Ronaldo, segundo Pimenta.

Prefeito José Ronaldo de Carvalho e o ex-prefeito Tarcízio Pimenta. Responsabilidade pelo convênio com a Subaé Brasil é da administração de Ronaldo, segundo Pimenta.

O ex-prefeito de Feira de Santana, Tarcízio Suzart Pimenta Junior, emitiu nota de esclarecimento, hoje (15/04/21013), após matéria divulgada pelo Jornal Grande Bahia com título ‘MPF denuncia ex-gestores da Subaé Brasil, ex-servidor e ex-prefeito do município de Feira de Santana por corrupção e lavagem de dinheiro’. Pimenta diz que espera a citação pela Justiça Federal, caso a mesma acolha a denúncia do Ministério Público Federal. Para então proceder aos devidos esclarecimentos e a necessária defesa processual.

Mas, o que a nota traz de revelador é que o ex-prefeito acusa a administração de José Ronaldo de Carvalho, atual prefeito pelo DEM, de no período de 2002 a 2008, ter estabelecido relações com a Cooperativa de Crédito do Vale do Subaé (Subaé Brasil). Ele salienta que o fato precede o momento em que assume o cargo de prefeito em 2009. Pimenta finaliza a nota afirmando que pauta-se por princípios da probidade e da honestidade.

Confira a íntegra da nota

Os atos atribuídos ao ex-prefeito Tarcízio Pimenta, através do Ministério Público Federal (MPF), deverão ser esclarecidos tão logo a Justiça Federal oficialize o recebimento da denúncia e promova a sua comunicação oficial. Mas, ainda assim, faz-se necessário alguns esclarecimentos acerca do caso.

Inicialmente, o ex-prefeito Tarcízio Pimenta nega qualquer participação em ato ilícito capaz de promover dano ao erário público, assim como de ferir os princípios que regem a administração pública consagrados na Constituição Federal.

O ex-prefeito lembra que assumiu o cargo de Chefe do Poder Executivo em janeiro de 2009, já encontrando a Cooperativa de Crédito do Vale do Subaé entre os bancos credenciados pela Prefeitura Municipal de Feira de Santana, não recaindo sobre ele qualquer fato ocorrido entre os anos de 2002 a 2008, conforme aponta o Ministério Público Federal.

Tarcízio Pimenta está tranquilo quanto aos fatos. As acusações imputadas a ele não atingem a sua honra, pois tem pautado sua trajetória política sob os princípios da probidade e da honestidade.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).