Caixa Econômica libera R$ 40 milhões para as obras da Lagoa Grande, em Feira de Santana | Jornal Grande Bahia


Jornal Grande Bahia | Carlos Augusto | Publicado em 29/05/2012
Caixa Econômica libera R$ 40 milhões para as obras da Lagoa Grande, em Feira de Santana
Informação foi dada durante reunião entre o deputado Zé Neto e representantes da CAIXA e da Conder para discutir cronograma das obras da Lagoa.

Informação foi dada durante reunião entre o deputado Zé Neto e representantes da CAIXA e da Conder para discutir cronograma das obras da Lagoa.

Para discutir o andamento das obras de urbanização integrada da Lagoa Grande, em Feira de Santana, na tarde desta segunda-feira (28/05/2012), o deputado estadual e líder do Governo na Assembleia Legislativa da Bahia, Zé Neto (PT), esteve na sede da Caixa Econômica Federal, em Salvador, para dialogar com representantes deste banco e da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado (Conder).

Já nos próximos dias, de acordo com o gerente regional da CAIXA, Paulo Sérgio Pithon, esta instituição vai liberar R$ 40 milhões para serem investidos no saneamento da Lagoa e noNúcleo Habitacional Conceição. Este núcleo está situado no bairro Conceição e suas unidades destinam-se a relocação das famílias que residem do entorno da Lagoa e tem o objetivo de proporcionar segurança, condições de tráfego e habitabilidade a seus moradores.

Como as obras estavam paradas por questões burocráticas, foi discutida a reelaboração de seu cronograma de entrega. Este cronograma, de acordo com o gerente da Caixa na Bahia, Eduardo Alexandre Gomes, deve ficar pronto até o próximo mês de junho.

O diretor de Habitação da Conder, Ubiratan Cardoso, afirmou que como parte das demandas de saneamento básico já está resolvida, nos próximos dias serão entregues mais 127 unidades habitacionais. Assim, mais de 600 pessoas passarão a contar com moradia de qualidade. Em março deste ano, após a conclusão da primeira etapa das obras do Núcleo Conceição, 241 famílias receberam as chaves de suas casas, estruturalmente melhores e mais dignas de que as que residiam. Os moradores também irão poder contar com posto de saúde, creche, quadras poliesportiva e de areia, possibilitando melhor qualidade de vida às famílias.

Quanto a Lagoa, de acordo com o deputado Zé Neto, a expectativa é que seu espelho d’água seja maior de que a do Dique do Tororó, em Salvador. “Essa obra resgata um dos mais importantes valores ambientais, emblemáticos e sociais de nossa cidade: as lagoas”, afirma o deputado.

Através de contrato firmado entre o Governo da Bahia e a Caixa Econômica Federal, com investimento do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), ao término das ações, 690 famílias (aproximadamente quatro mil pessoas) feirenses terão realizado o sonho da casa própria, com dignidade.  O investimento geral na Lagoa Grande vai representar R$ 46,1 milhões.