Sociólogo e ex-ministro da Cultura no governo do presidente Lula, Juca Ferreira filia-se ao PT baiano

O sociólogo Juca Ferreira, ex-ministro da Cultura no governo do presidente Lula, filiou-se ao Partido dos Trabalhadores da Bahia nesta quinta-feira, 02 de fevereiro, dia de Iemanjá. O deputado federal Emiliano José, presente ao ato de filiação, saudou a chegada de mais um companheiro e revelou que já havia feito o convite de ingresso ao partido dos Trabalhadores há muito tempo. “Já tinha dito que o lugar dele é no PT e que ele deveria se juntar ao nosso partido. Trata-se de um grande quadro da esquerda brasileira, com uma visão ampla e contemporânea do processo histórico, com uma sólida formação intelectual e uma tradição de luta muito grande, de quem participou da luta contra a ditadura, viveu no exílio e voltou com uma leitura de mundo na qual a cultura ocupa um papel de relevo na luta política”.

Emiliano lembrou ainda que Juca, ao lado do ex- ministro Gilberto Gil, no ministério da Cultura, promoveu um extraordinário diálogo com o povo brasileiro através dos pontos de cultura e de outros programas, e difundiu a noção da cultura como um direito de todos. “É com grande carinho que o recebemos neste momento”, afirmou o deputado petista, que conviveu bastante com Juca Ferreira quando ambos exerceram o mandato parlamentar na Câmara Municipal de Salvador, em meados na década de 1990.

Filiação

O ato de filiação do ex-ministro aconteceu na sede do PT baiano e reuniu lideranças do partido, como o presidente do PT na Bahia, Jonas Paulo, o secretário de Cultura, Albino Rubim, os deputados federais Emiliano José e Nelson Pelegrino, o deputado estadual Rosemberg Pinto, deputada Maria Del Carmem, prefeito de Camaçari e presidente da UPB Luiz Caetano, entre outros políticos.

Juca Ferreira aproveitou para falar sobre a importância da valorização cultura no nosso país, sobretudo, pela diversidade e riqueza que possui o Brasil. “Conseguimos ampliar a compreensão e expectativa da sociedade brasileira em relação ao papel da cultura no projeto de país, por meio do diálogo e de consultas. Por isso o caminho natural é continuar como parte desse projeto nacional e ajudando aos que constroem o PT, o partido que está à frente das importantes transformações sociais que o Brasil vive”.

O Dia de Iemanjá foi escolhido pelo simbolismo que representa para a cultura brasileira. Enquanto ministro e secretário de meio ambiente de Salvador, Juca Ferreira promoveu o reconhecimento e preservação de muitos terreiros de candomblé na capital baiana, criando laços afetivos profundos com os povos de santo na Bahia e de todo o Brasil.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]