Senador Walter Pinheiro fala sobre investimentos federais na Bahia e declara: alguns querem até tirar o governador do cargo antes da hora

O senador Walter Pinheiro (PT-BA) assumiu a liderança da bancada no senado federal hoje (01/02/2012). Ele é um dos mais proeminentes políticos do cenário nacional atual. Responsável pela discussão no Congresso dos investimentos federais, incluindo o PPA (Plano Plurianual).

Senador Walter Pinheiro: eu diria que a coisa mais importante agora em 2012 são os recursos para a questão da própria mobilidade, só o metrô de Salvador e a reestruturação de toda área ferroviária. – Foto: Carlos Augusto | Guto Jads | Jornal Grande Bahia. Com. Br

Em entrevista ao Jornal Grande Bahia, Pinheiro fala sobres os investimentos federais em curso, afirma que os recursos alocados para a mobilidade urbana vão impactar positivamente na Bahia, e comenta sobre o ingresso de José Sérgio Gabrielli no governo Jaques Wagner:

“A questão da participação dele no governo é muito importante, agora as pessoas ficam antecipando o processo eleitoral de 2014. Está muito cedo, nós temos que passar pelo processo de 2012 ainda. Alguns querem até tirar o governador do cargo antes da hora, calma, 2014 ainda vai chegar.”

Jornal Grande Bahia – Com relação aos recursos federais oriundos de emendas parlamentares, emendas de bancadas e do orçamento dos próprios ministérios. Como é que o senhor avalia as liberações no ano de 2011 e o que existe de concreto para 2012?

Walter Pinheiro – Na realidade você tem um conjunto de obras em andamento. Ontem (30/01/2012), por exemplo, a presidenta Dilma Rousseff, autorizou quase R$ 300 milhões na Bahia para revitalização da bacia do Rio Camaçari, portanto de uma pancada só.

Essa semana também nós tivemos liberação de recursos, ainda da verba de 2011, para aquisição de equipamentos hospitalares, tomógrafos e equipar todos as estruturas do Estado da Bahia, além dos recursos da Via Expressa, da BR-235, de obras da Ferrovia Leste-Oeste, são quatro lotes de Ferrovia que estão em obra. Nós estamos completando mais de quatro mil km de estradas recuperadas e nós temos uma parceria com o BNDES para essa obras de perfuração de poços que somam R$ 375 milhões, uma parceria com o Governo Federal e a expectativa nossa inclusive é que o Estado renove essa linha de financiamento e a gente consiga mais algo em torno de R$ 400 milhões para fazer obras na Bahia.

Então, você tem uma série de coisas em curso e eu diria que a coisa mais importante agora em 2012 são os recursos para a questão da própria mobilidade, só o metrô de Salvador e a reestruturação de toda área ferroviária, nós estamos falando de quase R$ 3 bilhões, fechamos com a Vale do Rio Doce investimentos de R$ 440 milhões na recuperação dos seus trechos ferroviários de Salvador até Juazeiro e do braço ferroviário até Feira de Santana.

Tem uma infinidade de projetos em curso, mas é bom a gente lembrar, o Estado da Bahia não capacidade de investimento, se você pegar em um ano a Bahia tem algo em torno de R$ 1,2 bilhão – R$ 1,3 bilhão para investimentos, é muito pouco, então nós precisamos muito dessa parceria com o Governo Federal. Para ter a capacidade de ampliar o investimento, a nossa condição e é esse trabalho que nós estamos fazendo no orçamento da União, junto ao Governo Federal e é importante a pressão, a participação da bancada federal e particularmente a bancada do senado, ajudando o Governo do Estado.

JGB – Como o senhor analisa o ingresso do José Sérgio Gabrielli, atual presidente da PETROBRÁS, no governo Wagner a convite do próprio governador?

Walter Pinheiro – Gabrielli é um quadro que presidiu uma das maiores empresas do mundo na área de petróleo, então para a gente é importante ganhar esse quadro. Óbvio que nós sentimos muito o fato de ter perdido o presidente da PETROBRÁS, mas a PETROBRÁS perdeu e a Bahia ganhou.

A questão da participação dele no governo é muito importante, agora as pessoas ficam antecipando o processo eleitoral de 2014. Está muito cedo, nós temos que passar pelo processo de 2012 ainda. Alguns querem até tirar o governador do cargo antes da hora, calma, 2014 ainda vai chegar.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: [email protected]