Reforço do Exército Brasileiro e da Caatinga nas ruas de Feira de Santana

A segurança pública em Feira de Santana vai contar com reforço de tropas do Exército Brasileiro. Será disponibilizado, a partir desta sexta-feira (03/02/20123), o efetivo de aproximadamente 200 homens que irão atuar de forma ininterrupta em diversas ruas e bairros do Município.

O anúncio foi feito pelo comandante do 35º Batalhão de Infantaria, tenente coronel Rogério Matos dos Santos, durante entrevista coletiva. Além do efetivo do Exército, o esquema de segurança pública em Feira, durante a greve da Polícia Militar da Bahia, conta ainda com a participação da Guarda Civil Municipal, Polícias Civil, Federal e Rodoviária Federal e Companhia Independente de Polícia Especializada (CIPE) Litoral Norte, conhecida também como tropa da Caatinga.A disponibilização das forças auxiliares, como informa o comandante, atende a reivindicação do Governo Municipal e diversos órgãos de segurança pública com o intuito de assegurar a ordem pública e a paz no Município.

“O Exército Brasileiro, preocupado em manter a segurança da população, vai participar de forma continuada desta operação coletiva, que envolve diversas forças de segurança. A nossa missão é devolver à população a sensação de tranquilidade e segurança que foi perdida na quinta-feira (02/02/2012)”, destaca o tenente coronel Rogério Matos dos Santos.

As tropas estarão nas ruas com viaturas, armas de diversos calibres e equipamentos de segurança. De acordo com comandante Santos, o plano de operações está sendo concluído. “Os soldados têm formação em garantir a ordem. Vamos atuar para manter a garantia dos serviços como transporte, saúde, educação e o funcionamento dos órgãos no município de Feira de Santana”, finalizou.

O funcionamento do comércio de Feira de Santana está voltando ao normal na manhã desta sexta-feira (03/02). Depois do clima tenso registrado no Centro na tarde de quinta-feira (02/02) por conta da greve deflagrada pela Polícia Militar, lojas, supermercados e o Shopping Boulevard mantêm as atividades normalmente.

Há centenas de homens da Polícia Militar e Exército realizando a segurança no centro comercial. Em razão disso, várias lojas voltam a abrir as portas e os consumidores, por sua vez, a fazer suas compras. O Shopping Boulevard também está aberto, mas não informou sobre o horário que o expediente será encerrado.

Segundo o presidente do Sindicato do Comércio de Feira de Santana, José Carlos Moraes, vários supermercados situados no centro estão abertos. “A polícia precisa ficar nas ruas para acalmar a população. Quando passei por algumas ruas já vi homens da Caatinga na avenida Getúlio Vargas, o que tranquiliza toda a comunidade”, ressalta o presidente do sindicato.A orientação de Délcio Mendes, presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Feira de Santana, é que os empresários devem se precaver e abrir os estabelecimentos com a segurança necessária. “O comerciário não pode ficar sujeito à ação de vândalos”, ressalta.

De acordo com informações do secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa, policiais da Força Nacional de Segurança , dois terços do efetivo da PM está trabalhando em todo o estado. A PM anunciou nesta quinta-feira o reforço no policiamento das cidades de Feira de Santana, e de Ilhéus, no sul da Bahia.

Outras unidades da PM foram deslocadas para os dois municípios por conta do clima de pânico da população. Entre eles Feira de Santana, onde ontem (02/02/2012) a tarde a população viveu momentos de pânico com anúncios de arrastões na cidade, o que fez o comércio fechar as portas no início da tarde.O reforço do policiamento da Litoral Norte, Caatinga, Força Nacional de Segurança começaram a chegar nas primeiras horas desta manhã, onde farão o policiamento em toda a cidade.

Durante toda a quinta-feira, a Polícia Civil registrou cinco homicídios, entre eles a de um sargento da Polícia Militar e 26 tentativas de homicídio em Feira de Santana. A Caattinga está na cidade, concentrada no 35º BI com duas viaturas policiais.

Outro acusado

Um quarto acusado de promover “arrastão”, Jefe Mendes de Sena, está sob custódia no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA). Ele foi baleado no pescoço por uma pessoa não identificada na avenida Sampaio.

Segundo a polícia, Jefe estava armado com um revólver calibre 38 e atacava pessoas no centro da cidade, quando foi surpreendido, provavelmente por um segurança. Assim que receber alta será encaminhado ao presídio.

Polícia Civil realiza assembleia e decide não entrar em greve

Em assembleia realizada nesta sexta-feira (03/02/2012), os policiais civis da Bahia decidiram não entrar em greve, pelo menos até março. “Até lá, estaremos dando todo o respaldo ao governo. Apenas consideraremos a possibilidade de greve se esgotados todos os canais de negociação”, disse o secretário-geral do Sindicato dos Policiais Civis da Bahia (Sindpoc), Bernardino Gayoso. Segundo ele, a decisão foi aceita unanimemente.

Entre as reivindicações do grupo, estão o pagamento de adicional de insalubridade, a implantação da GAP 5 (Gratificação de Atividade Policial) e a adoção de aposentadoria especial de 30 anos. O Sindpoc aprovou também uma moção de apoio aos policiais militares grevistas.

Detento foge de presídio usando lençol

Neemias Nascimento de Oliveira fugiu do Presídio de Segurança Máxima de Serrinha utilizando uma corda feita com pedaços de lençol. O fato aconteceu na madrugada de quinta-feira (02/02/2012).

Informações de pessoas ligadas ao presídio dão conta de que o fugitivo estava preso numa área chamada de “seguro”, onde são colocados os detentos considerados de alta periculosidade ou que retornam de unidades federais.

De acordo com informações, ele não retornou à cela após o banho de sol e se escondeu até o anoitecer. O detento usou uma “tereza” (corda feita com pedaços de lençóis) para pular um muro de mais de cinco metros, sem despertar atenção de ninguém. O alarme, que deveria funcionar em momentos de urgência, não foi acionado, pois está danificado.

A polícia não tem informações sobre o paradeiro do detento. O diretor da unidade não se pronunciou sobre o assunto.

Esta é a terceira fuga de presos no “cebolão” desde julho do ano passado. A primeira fuga aconteceu na madrugada do dia 30/07, por volta das 03h30m. Os homicidas Marcio de Jesus, 31 anos e Renigio de Almeida Sena, 35, serraram as grades da cela B110, onde estavam, passaram por um comungol, depois serraram as grades da concertina e do alambrado e fugiram pelos fundos.

A segunda fuga de presos foi registrada na madrugada do dia 23 de outubro de 2011 quando José Hunaldo Alves dos Santos, o “Naldo”, Paulo Roberto Santos Andrade Goés, Diógenes Alves dos Santos, o “Nininho”, e José Carlos Alves da Silva serraram as grades da janela de ventilação de uma cela e desceram para o andar inferior da unidade utilizando uma “tereza”. Em seguida, eles ainda serraram duas celas de aço para conseguirem chegar ao lado de fora.

Três dos fugitivos são sergipanos e foram condenados a mais de 100 anos de reclusão por latrocínio. No total sete presos já escaparam da unidade prisional. Nenhum foi recapturado.

PMS atacados em frente à agência bancária na cidade Nova; Garis ameaçados por homens armados

Uma guarnição da polícia militar que fazia o patrulhamento nas proximidades do Banco do Brasil no bairro Cidade Nova, em Feira de Santana, foi atacada nesta manhã supostamente por PMs grevistas, que atacaram os policiais e esvaziaram os pneus da viatura. Segundo funcionários do banco, houve troca de tiros. Não houve registro de feridos.

Parte da coleta do lixo em Feira de Santana não pôde ser feita na noite de quinta e madrugada de sexta, porque os funcionários da limpeza pública foram ameaçados.

A informação foi transmitida na manhã desta sexta-feira (03/02/2012) na rádio Subaé, pelo secretário de Serviços Públicos, Alexandre Monteiro. Segundo o relato do secretário, homens em carros e motos, sem placas, abordaram os garis mandando que os caminhões da limpeza fossem recolhidos, sob ameaça até de colocar fogo nos caminhões.

A prefeitura prometeu normalizar a coleta durante o dia de hoje.

Sem identificação:Homem é executado com quatro tiros

Deu entrada sem sinais vitais no Hospital Regional de Conceição do Coité, por volta das 20h15 desta quinta-feira,(02/02/2012), um homem não identificado, vítima de disparos de arma de fogo. O crime aconteceu no Bairro Açudinho a cem metros do Colégio Ieda Barradas, sentido Olhos D’água.

De acordo com informação da guarnição da Policia Militar, dois homens numa moto de dados não anotados se aproximaram do desconhecido que caminhava margeando uma fábrica de tijolos, quando recebeu quatro tiros possivelmente pelas costas. Os disparos atingiram as costas e a coxa esquerda. A policia recolheu ao lado do corpo um saco contendo aproximadamente 200g de maconha.A brigada voluntária Anjos da Vida foi chamada e segundo os voluntários a vítima ainda respirava, mas ao dá entrada no HR a equipe médica constatou que o mesmo estava sem vida.

A vítima aparenta ter 25 anos, magro, cor morena, medindo aproximadamente 1,70 m e com tatuagem tribal no braço direito, uma caveira com uma espada no peito direito e no braço esquerdo uma tatuagem de uma índia.

No bolso da vítima foi encontrado um valor em dinheiro inferior a R$ 50 que foi entregue a polícia e não havia nenhum documento de identificação.

*Com informações : Blog Central de Polícia

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]