PSDB protocola consulta contra ministro Gilberto Carvalho na Comissão de Ética da Presidência da República

O PSDB protocolou na tarde de ontem (14/02/2012) na Comissão de Ética da Presidência da República representação contra o ministro chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, em função de matéria publicada na última edição da revista Veja . Na representação, o PSDB declara que oferece a “consulta” para tornar claras as regras éticas a serem seguidas por ministro de Estado no desempenho de suas funções públicas.

Segundo o documento, assinado pelo líder tucano, deputado Bruno Araújo (PE), a revista traz “matéria jornalística em que aponta a prática de alguns atos, pelo secretário-geral da Presidência da República, ministro Gilberto Carvalho, que, em tese, atenta contra os princípios éticos que devem nortear as ações das autoridades públicas federais”.

Araújo diz que as oposições entendem que as trocas de e-mail citadas na matéria fogem ao padrão de comportamento de um ministro. “Esperamos que a comissão possa falar sobre aquelas trocas de e-mail, se elas se dão sobre um comportamento de um ministro de Estado. Esperamos que a comissão aja com isenção e dê uma resposta a essa demanda. A demanda é do PSDB, mas conta com o apoio de todas as oposições”.

O líder do governo na Câmara, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), disse que o PSDB, na oposição, tem o direito de fazer oposição da forma que quiser, mas considerou como um erro político a representação contra o ministro Gilberto Carvalho. “Acho um erro político, se basear em um matéria como aquela [daVeja], sem consistência nenhuma, atacar um ministro como o Gilberto Carvalho”, disse Vaccarezza.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]