Prefeito de Salvador encaminha ao Ministério das Cidades projeto para implantação de teleférico

Cumprindo a agenda de sua viagem ao Rio de Janeiro, que tem como pauta a questão da mobilidade urbana, o prefeito de Salvador, João Henrique, visitou o teleférico do Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro. A implantação do projeto foi um investimento do Governo Federal, através do PAC da Mobilidade Urbana. A Prefeitura de Salvador, através da Secretaria Municipal de Tranportes e Infraestrutura, apresentará ao Ministério das Cidades um projeto para implantação de um teleférico em Salvador.

De acordo com o secretário José Mattos, a Prefeitura de Salvador identificará uma comunidade onde o teleférico seria importante para agilizar a locomoção dos moradores. E, numa segunda etapa, será encaminhado um projeto ao MInistério das Cidades. “O teleférico é uma importante solução de mobilidade urbana localizada para as comunidades. Salvador terá em breve o primeiro trecho do metrô e precisamos de uma série de modais interligados para facilitar a vida dos moradores. No Rio de Janeiro, além de ser este fantástico meio de transporte que melhora bastante o ir e vir da poipulação do Complexo do Alemão, o teleférico virou a quarta atração turística mais visitada da cidade”, frisou JH.

O prefeito de Salvador visitou o Complexo do Alemão a convite da Prefeitura do Rio, e foi ciceroneado pelo secretário municipal de Transportes do Rio de Janeiro, Júlio Lopes. “Salvador e Rio são dois grandes centros turísticos. A implantação de uma solução de transporte deste tipo na capital da Bahia seria importante para a mobilidade urbana e acaba se transformando numa atração turística”, frisou Júlio Lopes.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]