Parque Tecnológico da Bahia fecha parceria com instituição de pesquisa alemã

O Parque Tecnológico da Bahia, que vai funcionar na Avenida Paralela, em Salvador, acaba de fechar uma parceria com uma importante instituição de pesquisa da Alemanha: o Pre-Park da cidade de Kaiserslautern. A intenção é apoiar a estratégia de internacionalização de ambos os parques, facilitando o intercâmbio de conhecimentos e fortalecendo as empresas de base tecnológica dos dois países.

Essa parceria é resultado do esforço do secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação Paulo Câmera, que entende que o Parque Tecnológico da Bahia não pode trabalhar isolado da comunidade científica mundial. Pela parceria, estão previstas missões de intercâmbio entre as administrações dos dois parques, a fim de melhorar e otimizar a estratégia de negócios, assim como a criação de um escritório virtual para promover a colaboração entre projetos comuns. “Vamos criar uma ambiente no qual a inovação e a tecnologia possam ser transferidas dos laboratórios científicos para a sociedade”, enfatiza o secretário.

Outro benefício da parceria é que as empresas instaladas nos dois parques vão poder desenvolver produtos inovadores em conjunto, além de encontros de negócios com o objetivo de discutir tendências de mercado e iniciativas para manter a competitividade das empresas.
Está previsto ainda um programa de intercâmbio entre pesquisadores e empregados das empresas dos dois países para melhorar o desempenho dos projetos, assim como seminários e simpósios conjuntos em áreas comuns aos dois parques tecnológicos.

O Pre-Park possui uma localização privilegiada, próximo do aeroporto e da região metropolitana de Kaiserslautern. Tem equipamentos de última geração e todo a área possui conexão por fibra ótica. Para as empresas iniciantes, existe um serviço de consultoria, além do suporte tecnológico da Universidade local.

Kaiserslautern é um dos mais importantes centros de tecnologia na Alemanha, especializado em Tecnologia de Informação e Comunicação (TIC) e Ciência dos Materiais. Atualmente, mais de 3 mil pessoas e cerca de 100 empresas de TIC e de serviços estão trabalhando no Pre-Park.

Investimento

Com recursos do Governo da Bahia e do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação, o Parque Tecnológico, previsto para ser inaugurado em 2012, em Salvador, já recebeu investimento de mais de R$ 50 milhões para obras de infraestrutura e equipamentos. O empreendimento, que vai abrigar empresas de base tecnológica, centros de pesquisas, universidades e incubadoras de empresas, terá um papel fundamental na diversificação da economia do Estado, com a criação de empregos qualificados, melhoria da competitividade das empresas locais e criação de imagem positiva para Salvador como centro de negócios de alto valor agregado. As áreas prioritárias serão biotecnologia e saúde, energia e ambiente, tecnologia da informação e da comunicação, além de cultura e turismo.

Um edital público, cujo resultado foi divulgado no final de 2011, selecionou quatro empresas âncoras para desenvolver pesquisas aplicadas no novo Parque Tecnológico da Bahia. São elas: IBM Brasil, Sábia Experience Tecnologia S.A., Indra Brasil S.A. e Portugal Telecom. Além dessas empresas, vão atuar também no TecnoCentro, o prédio central do Parque Tecnológico da Bahia, sete institutos de pesquisa: UFBA/Fraunhofer, UNEB, SENAI/Cimatec, IFBA, Bahiafarma, Cetene e Bioinformática. O local vai abrigar ainda uma incubadora de base tecnológica e 10 empresas baianas já demonstraram interesse em se instalar no Parque.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: ed[email protected]