Na madrugada do terceiro dia de greve da PM, 17 pessoas foram assassinadas em Salvador

Na madrugada do terceiro dia da greve dos policiais militares da Bahia, a Secretaria de Segurança Pública da Bahia registrou o assassinato de 14 homens e três mulheres em Salvador e região metropolitana. Houve, ainda, duas tentativas de homicídio e o roubo de um carro. Os crimes ocorreram entre a meia-noite e as 7h da manhã de hoje (03/01/2012).

Quatro corpos foram encontrados na Avenida Jorge Amado, no Bairro de Pituaçu. Os demais foram recolhidos em diversas localidades: Vila Canária, Bairro Sete de Abril, Engomadeira, Jaguaripe, Bom Juá, Ipitanga e Baixa do Fiscal.

Desde o início da greve dos policiais, na quarta-feira (1º), foram registrados 20 homicídios na capital baiana. Hoje, 2,6 mil militares da Força Nacional e de unidades das Forças Armadas são devem chegar a Salvador para garantir a segurança da população. Pela manhã, já havia 1,2 mil militares atuando. Há ainda a possibilidade de que mais 4 mil militares de tropas da 10ª Região Militar, em Fortaleza (CE), sejam acionados para reforçar a segurança na Bahia.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia).