Jornalista é demitido após apoiar greve de policiais na Bahia

O jornalista Valdeck Filho foi demitido do programa policial “Na Mira” da TV Aratu, afiliada do SBT na Bahia, na última sexta-feira, 3 de fevereiro, após declarar apoio à greve de policiais militares no estado, informou o site Observador Político.

O diretor da emissora não declarou o motivo da demissão, mas afirmou que sentia por dar a notícia triste e que “em outra ocasião estaria com as portas abertas para retornar”. Para Valdeck, no entanto, ele foi vítima da “tirania de um governo fascista” por mostrar as dificuldades dos policiais baianos, de acordo com o site Pauta Livre.

Ao Portal Imprensa, o repórter acusou os veículos de comunicação de estarem “comprados” pelo governo. “Não se olha para os lados, o governo manda as informações e os veículos publicam da forma como recebem”, salientou o jornalista.

Desde que teve início a greve dos policiais militares da Bahia, na noite de 31 de janeiro, a população vem sofrendo com o aumento da criminalidade no estado, inclusive com um atentado à sede de uma emissora de televisão local.

*Com informação : Centro Knight | Por Natalia Mazotte

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]