Gravação revela que PMs grevistas da Bahia teriam planejado ações de vandalismo na cidade

Conversas gravadas entre os chefes dos PMs grevistas na Bahia mostram acertos para realização de ações de vandalismo na cidade. As gravações mostram também articulações para que a paralisação se estenda ao Rio de Janeiro, a São Paulo e outros estados. Os PMs envolvidos negam participação em ações violentas.

O Jornal Nacional teve acesso a gravações feitas com autorização da Justiça de conversas de líderes dos movimentos grevistas da Bahia e do Rio de Janeiro.

No primeiro trecho, o presidente de uma associação que reúne bombeiros e policiais baianos, Marco Prisco, combina uma ação de vandalismo com um de seus liderados. Prisco nega ter participado de atos de violência.

Leia abaixo um dos trechos de conversa:

– Prisco: Alô, oi. Desce toda a tropa pra cá meu amigo. Caesg e você. Desce todo mundo para Salvador, meu irmão… Tou lhe pedindo pelo Amor de Deus, desce todo mundo para cá…
– David Salomão: Agora?
– Prisco: Agora, agora. Embarque…
– David Salomão: Eu vou queimar viatura… Eu vou queimar duas carretas agora na Rio/Bahia que não vai dar tempo…
– Prisco: fecha a BR aí meu irmão. Fecha a BR.

Em outra gravação, quem aparece falando é o cabo bombeiro do Rio de Janeiro, Benevuto Daciolo. Ele já foi candidato a deputado estadual no Rio e foi um dos líderes do movimento grevista da corporação no ano passado.

Daciolo conversa com um homem a quem ele classifica de “importantíssimo” a respeito de uma possível votação da PEC 300, a emenda constitucional que garantiria um piso salarial único para bombeiros e policiais de todo o Brasil. Nesta conversa fica claro que o objetivo é estender a greve de policiais e bombeiros a Rio de Janeiro, São Paulo e outros estados com o objetivo de prejudicar o carnaval.

Daciolo: Pergunta ao senhor que é pessoa importantantissima a respeito da nossa PEC…pergunto: qual é a verdadeira possibilidade de nós conseguirmos passarmos em segundo turno na semana que vem? Não sei se o senhor sabe. Eu estou com uma assembleia Geral amanhã no Rio de Janeiro, com a abertura de uma greve geral no Rio também, com probabilidade de não ter carnaval nem na Bahia nem no Rio esse ano. E São Paulo acho que está para dar uma resposta agora e os outros estados também. Nós acreditamos que, se tivesse uma resposta do governo, assinalando numa possibilidade de votação no segundo turno da PEC, acalmaria muito, muito o que está acontecendo na Federação.

Em outro trecho, o cabo Daciolo, que estava em Salvador, ouve de uma mulher uma recomendação para que tente influenciar o movimento dos grevistas baianos a não fechar um acordo com o governo. Segundo esta mulher, isto enfraqueceria uma possível greve no Rio.

Mulher: Daciolo, Daciolo, presta atenção. Está errado fechar a negociação antes da greve do Rio…
Daciolo: Tudo bem, tudo bem… sabe o que vou fazer agora??? Ligue para ele que eu vou embora daqui, não vou ficar mais aqui.

Mulher: Eles não querendo que você avalize um acordo antes da greve do Rio. Depois da greve do Rio, muda tudo. Sabe como você vai ajudar eles? Voltando para o Rio, garantindo aqui. O governo vai fazer uma propostinha rebaixada para vocês, vai melhorar um pouquinho esse negócio que eles colocaram. E acho…se vocês garantirem a greve aqui, a mobilização aqui, vocês vão ajudar eles a liberar o Prisco, a ter uma negociação…

Outro lado

Ouvido pela equipe do Jornal Nacional por telefone, o cabo Daciolo disse não se recordar da conversa gravada e alegou estar participando de um movimento pacífico na Bahia.

PRF da Bahia ganha reforço de patrulheiros e viaturas de outros estados

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Bahia recebeu reforço de patrulheiros e viaturas para aumentar o policiamento nas rodovias federais em todo o Estado. Foram relocadas equipes de policiais de vários estados com treinamentos em operações especiais, além de viaturas operacionais e helicópteros, que vieram para a Bahia por tempo indeterminado.

Os principais trechos sob reforço de policiamento são a BR-324, a BR-116, BR-110, BR-101, principalmente Salvador, Feira de Santana e Vitória da Conquista. As equipes de Operações Especiais deslocaram-se para o estado em virtude do aumento da violência percebida desde o último dia 31 de janeiro, quando foi iniciada a paralisação parcial da Polícia Militar.

A PRF também integra a operação de Garantia da Lei e Ordem (GLO), prevista em decreto presidencial e solicitada pelo governador Jaques Wagner à presidente Dilma Rousseff.

Bandidos assaltam o SESC Feira e roubam arma do vigilante

Um segurança do Sesc Feira de Santana, localizado na rua Guaratatuba, no bairro Tomba foi assaltado por volta das 16h desta quarta-feira (08/02/2012).

Três homens em duas motocicletas se aproximaram fingindo que queriam obter informações, mas em seguida anunciaram o assalto e levaram a arma do segurança, além de alguns coletes.

Embasa

Nesta semana, bandidos também invadiram o escritório da Embasa, na rua Desembargador Filinto Bastos (rua de Aurora) e roubaram a arma do vigilante.

Mais um assassinato em Feira

Se aproveitando da greve da polícia militar, os assassinos continuam agindo livremente no município de Feira de Santana, e na tarde desta quarta-feira (08/02/2012) fizeram mais uma vítima.

Por volta das 16h, Anderson Cleiton Mota da Silva, 32 anos, também conhecido como “Vovô”, foi executado com vários tiros de pistola calibre 380. O crime aconteceu no caminho Irecê, nas proximidades do Colégio Estadual Luiz Viana Filho, bairro Cidade Nova.

A mãe de Anderson contou que ele estava em casa, pegou uma bermuda, colocou em uma sacola e depois saiu. “ Logo depois vieram me contar da morte dele “, declarou.

Não há maiores detalhes sobre o crime. O corpo foi removido para o Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Delegada nomeada para a Delegacia de Homicídios em Feira

Foi publicado no Diário Oficial do Estado no último sábado (04/02/2012), a nomeação da delegada Milena Lima Calmon Siqueira para a titularidade da Delegacia de Homicídios em Feira de Santana.

O local da instalação da nova delegacia ainda não foi definido, conforme declarações do Coordenador da Polícia Civil Ricardo Brito. Ele citou estar em fase de negociação com o proprietário do prédio, mas o local não foi citado.

Brito revelou que a DH já dispõe de quatro escrivãs, uma delegada, além de doze policiais que estarão investigando os assassinatos no município. A nova delegacia estará funcionando de forma provisória no Complexo Policia Investigador Bandeira.

A delegada Milena informou durante entrevista a rádio Subaé que o núcleo de homicídios vai continuar dando suporte à especializada durante a noite.

‘’Os crimes que eram investigados pela 1ª Delegacia, 2ª e 3ª passarão a ser apuradas pela nova especializada que estará vinculada a delegacia de homicídios em Salvador, que abrange outras delegacias recém criadas como Vitória da Conquista, Itabuna, Porto Seguro e Juazeiro. ’’explicou Milena.

Homem é morto por motoqueiros em Serrinha

A Polícia Civil de Serrinha está investigando a morte de José Patrício de Oliveira Sena, 36 anos, conhecido como Patrício, assassinado com quatro tiros na noite desta quarta-feira, 8, no bairro Princesa do Agreste.

O crime aconteceu na Rua C, por volta das 21h00m. Segundo relato de pessoas que teria presenciado o crime, Patrício estava andando pela rua quando dois homens em uma moto, demais dados ignorados, se aproximaram e dispararam contra a cabeça da vítima. Ele não teve tempo de ser socorrido e morreu perto da casa onde morava.

Segundo consta na Central de Registros da Secretaria de Segurança Pública (SSP/BA), José Patrício é natural de Conceição do Coité e já tem passagem pela polícia por latrocínio (roubo seguido de morte), crime cometido em 1997, em Serrinha.

O corpo foi encaminhado para realização de necropsia no Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana.

Polícia registra mais dois homicídios; George Américo e Expansão Feira IX

Mais dois homicídios foram contabilizados pela Polícia Civil de e Feira de Santana entre o final da tarde e a noite desta quarta-feira (08/02/2012)

Reginaldo Mascarenhas Santos, 40 anos, residência ignorada foi baleado na rua Aeroporto no bairro George Américo . A vítima morreu na emergência do Hospital Geral Clerístom Andrade (HGCA), após ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Municipal de Urgência ( SAMU).

Outro crime

A outra vítima de cor negra, ainda não foi identificada. Ele trajava bermuda estampada preta foi morta a tiros na Expansão Feira IX na localidade do buraco da gia durante a noite.

Os corpos foram encaminhados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana.

No mês de fevereiro 24 pessoas foram vítimas de homicídios, a polícia também registrou três latrocínios e um auto de resistência. O número de mortes de violentas no mês é de 28, segundo dados do Núcleo de Homicídios de Feira de Santana.

Policiais militares em greve fazem passeata em Feira de Santana

Policiais militares que estão em greve em Feira de Santana deixaram a frente do 1º Batalhão da PM onde estão concentrados desde o dia 31 de janeiro e realizaram uma manifestação pelas ruas e avenidas da cidade na tarde desta quarta-feira (08/02/2012).

Eles se concentraram em frente à prefeitura e portando cartazes e utilizando um carro de som chamaram a atenção dos pedestres sobre os problemas enfrentados pela categoria. A manifestação bloqueou vários cruzamentos por alguns instantes e o trânsito ficou confuso no centro da cidade.

Em seguida, os policiais grevistas e seus familiares seguiram em carreata e passaram em frente às sedes das Companhias Independentes da Polícia Militar (CIPMs) do município. Ao final, voltaram a se concentrar no 1º BPM.

Cigano é executado no bairro Sim

O cigano Arnold Benigno da Silva, 39 anos, foi assassinado com vários tiros de pistola calibre 380, por volta das 12h30 desta quarta-feira (08/02) em Feira de Santana. O crime foi cometido em uma rua transversal da avenida Nóide Cerqueira, no bairro do SIM.

Ele morreu no interior do veículo Fiat Uno vermelho, de placa NTI-8172, licença de Santa Bárbara, e estava na companhia da esposa Maria Alves Lucena.

Segundo informações, Arnold residia em Irecê e veio a Feira de Santana para pegar exames médicos. No hospital, teriam aparecido dois homens em uma moto e o chamaram para sair. Quando chegaram nas proximidades de uma barraca de fogos no bairro SIM, atiraram várias vezes na cabeça do cigano.

O corpo foi removido para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana para ser necropsiado. Este foi o vigésimo primeiro homicídio registrado no mês de fevereiro.

Presidiário morto a tiros em Irará

Um presidiário foi executado na noite desta terça-feira (07/02/2012) com vários tiros na rua Cruzeiro da Queimada, no loteamento Parque Ipê, no município de Irará.

Segundo familiares, Antonio César Cerqueira, 32 anos, cumpria pena em uma unidade penitenciária na região metropolitana de Salvador. Ele foi beneficiado com a saída temporária no mês de dezembro do ano passado e não retornou para o presídio.

Antonio César morava na rua Alberto Nogueira, em Irará e seu corpo foi liberado no início da tarde desta quarta-feira (08/02) do Departamento de Polícia Técnica de Feira de Santana.

Feira tem “maiores índices de homicídio do Brasil”, diz jornal de São Paulo

A reportagem do jornal “O Estado de São Paulo” esteve em Feira de Santana, nas últimas horas. O diário paulista afirma que a cidade detém os maiores índices de homicídios do Brasil. E afirma que, neste período de greve dos policiais militares, Feira concentra 22 dos assassinados ocorridos no Estado. A reportagem denuncia ainda que estão ocorrendo saques em residências em pelo menos quatro bairros da periferia, por parte de encapuzados. Leia o texto publicado no site do “Estadão”.

Em Feira de Santana, Exército não evita saques em casas da periferia

Feira de Santana – A presença de tropas do Exército não conseguiu coibir uma onda de saques em residências de quatro bairros na periferia de Feira de Santana, a 109 quilômetros de Salvador nesta terça-feira, 7. Moradores que foram à delegacia do centro da cidade para tentar registrar as ocorrências relataram ao Estado uma madrugada de terror: homens encapuzados em motos invadiram casas nos bairros de Feira 10, Queimadinho, Tamandari e Jorge Américo durante a madrugada, exigindo eletrodomésticos como TVs e micro-ondas.

Os bandidos também levaram carros que estavam nas garagens de algumas casas. Feira de Santana, a segunda maior cidade baiana, com 683 mil habitantes, já concentra 20% dos homicídios registrados no Estado e recebeu cerca de 300 soldados do Exército desde sábado. Nenhum policial está trabalhando na região, cujos índices de homicídios são os maiores do Brasil.

Mas a população reclama que bandidos passaram a fazer arrastões nos bairros, onde não existe policiamento das Tropas Nacionais. Após novo arrastão na segunda-feira, o comércio também manteve as portas fechadas. As ruas da cidade, um dos principais entrepostos comerciais do Nordeste, permanecem desertas. Em um táxi de Salvador, a reportagem foi duas vezes alertada por pedestres para não permanecer na cidade, porque o carro já estava visado pelos criminosos.

“Tá todo mundo sabendo que tem um táxi de Salvador rodando na cidade, é melhor vocês irem embora logo. Não dou 30 minutos pra levarem o carro de vocês”, alertou o camelô Anderson Silva Lima, de 21 anos.

Ele contou que homens encapuzados também bateram à porta de sua casa na madrugada exigindo dinheiro. “Dei R$ 30 e eles foram embora. Achei que iam roubar minha TV nova igual fizeram com o vizinho, que estava sem trocado”, disse o morador do bairro Queimadinho, um dos mais violentos de Feira de Santana.

O transporte coletivo está parado e todas as escolas da cidade estão fechadas. Vendedores de todo o Nordeste que usam Feira de Santana como “base” para seus negócios também estão sem trabalhar, com medo dos assaltos.

Rastro. O medo também cerca a população de municípios vizinhos a Feira de Santana, como Simões Filho e Amélia Rodrigues. Carros queimados no acostamento da BR-324 também podem ser observados entre Salvador e o interior baiano.

Jovem assassinado com vários tiros em Tucano

Um jovem de 22 anos foi encontrado morto na madrugada desta terça-feira (07/02/2012) na estrada da Caueira, no bairro do Entroncamento, no município de Tucano.

Edcarlos Cordeiro da Silva, conhecido como “coelho”, morava no Estado de Pernambuco e estava de férias na casa de parentes. Ele foi assassinado com vários tiros na cabeça e encontrado por moradores da área que acionaram a Guarda Civil Municipal (GCM).

A polícia não tem pistas de nenhum suspeito. O corpo do jovem foi encaminhado para o DPT de Feira de Santana para ser necropsiado na manhã desta terça-feira (08/02/2012).

Esquema de segurança em Feira deixa a população dos bairros intranqüila

A presença de tropas do Exército e de prepostos da Polícia Rodoviária Federal (PRF), da Caatinga e da Guarda Civil Municipal não está trazendo tranqüilidade para a população de Feira de Santana, a segunda maior cidade do estado da Bahia.

O problema é que as guarnições estão concentradas no centro da cidade e deixam os bairros desguarnecidos. Diante desse problema, assaltos e arrombamentos são registrados diariamente nas delegacias. Vários veículos foram furtados ou tomados de assalto.

A maioria das ocorrências relata que os bandidos, geralmente em duplas, tem utilizado motocicletas para abordar as vítimas. Os bairros periféricos são os mais visados pelos criminosos.

Por conta da falta de segurança, escolas públicas e particulares suspenderam as aulas até o fim da greve da Polícia Militar e o Sistema Integrado de Transporte está funcionando somente até às 22h.

Os programas de rádio recebem reclamações diárias sobre a falta de policiamento nos bairros, e o comandante do 35º Batalhão de Infantaria do Exército, tenente coronel Rogério Santos, em entrevista à TV Subaé, deixou transparecer que não existe um esquema específico para os bairros.

Somando-se a isso, o número de homicídios e latrocínios aumenta a sensação de insegurança no município.

Feiroeste: Jovens são executados em Feira de Santana

Dois crimes já foram registrados nesta terça-feira (07/02/2012) no município de Feira de Santana.

Por volta de 12h30, o jovem Ademilton Oliveira Queiroz, 24 anos, foi morto com dois tiros de pistola, quando passava de moto pela rua Vilebaldo Pereira, no conjunto Alvorada, no bairro Gabriela.

Segundo informações, o rapaz estava na companhia da esposa quando foi surpreendido por dois homens que também estavam em uma motocicleta. Eles ordenaram que a mulher descesse da moto e um dos desconhecidos deflagrou os tiros que acertaram a cabeça de Ademilton.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) esteve no local, mas constatou que o jovem já estava morto. A vítima residia no mesmo conjunto onde foi assassinada.

Outro crime

O outro assassinado foi registrado por volta das 15h30 na rua Chico Mendes, no bairro Sítio Matias.

Philipe Oliveira Santos, 19 anos foi perseguido por dois homens que estavam em uma motocicleta. O jovem tentou se esconder em uma vila de quartos, mas foi alcançado e executado com vários tiros. Os corpos foram removidos para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) para serem necropsiados.

*Com informação : Blog Central de Polícia

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]