Em Lauro de Freitas, reunião sobre pedágio da Concessionária Bahia Norte termina em impasse

A prefeita de Lauro de Freitas Moema Gramacho se reuniu na noite desta terça-feira (14/02/2012) com representantes do Jambeiro, Capelão e Areia Branca, para discutir o pedágio da Estrada do Cia-Aereporto. Sem poder impedir a cobrança, a prefeitura colhe opiniões da população sobre possíveis contrapartidas e negocia com a Concessionária Bahia Norte (CBN), responsável pela via. No entanto, informações contraditórias divulgadas pela própria CBN sobre o fechamento da entrada do Capelão, inviabilizaram o prosseguimento das discussões. “Faremos reunião com a presença da Bahia Norte e do Governo do Estado, logo após o Carnaval” – anunciou a prefeita.

Técnicos do BN garantiram à prefeita de que não haveria possibilidade de deixar a via do Capelão aberta, por ser “rota de fuga”. Como já existe a via alternativa, por dentro de Itinga, e passagem para pedestre à localidade, há legalidade para a construção deste bloqueio. Durante o encontro, Moema ficou sabendo que representante da BN afirmou que o fechamento do Capelão dependia dela. Pega de surpresa, a prefeita rebateu: “Se depender de mim não fecha nada. Aliás, não haveria nem pedágio”.

A Concessionária, para minimizar o impacto sobre as comunidades, aceitou negociar contrapartidas como isenção do pedágio, drenagem e pavimentação de ruas, construção de escolas, salas de aula e quadras esportivas. Já foi garantido complexo de viadutos que interligará Areia Branco à Ceasa, evitando pagamento do pedágio para moradores da localidade. No entanto, as comunidades ainda brigam para que a via que liga o Capelão à estrada não seja fechada.

 

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]