Em Feira de Santana, mais de 28 escolas da rede municipal podem aderir ao Programa Mais Educação. Confira notícias da PMFS | Jornal Grande Bahia


Jornal Grande Bahia | Redação | Publicado em 08/02/2012
Em Feira de Santana, mais de 28 escolas da rede municipal podem aderir ao Programa Mais Educação. Confira notícias da PMFS

Mais 28 escolas da rede municipal podem aderir ao Programa Mais Educação, que oferece atividades em tempo integral aos alunos do Ensino Fundamental. Para tratar do assunto, gestores dessas unidades participam de reunião com a coordenação do programa nesta quarta-feira (08/02/2012), às 8 horas, no Centro Integrado de Educação Municipal Joselito Falcão de Amorim, Centro.

O Programa Mais Educação, criado pelo Ministério da Educação (MEC), garante a permanência dos alunos na escola por sete horas diárias; além das aulas no turno convencional, as crianças são envolvidas em atividades dirigidas para a formação integral do ser – desde oficinas artísticas, lúdicas e esportivas. Atualmente, mais de 3.500 alunos são beneficiados pelo programa que foi implantado na rede municipal no ano de 2010.   “A Secretaria Municipal de Educação e o MEC buscam garantir a ampliação da jornada escolar, considerando a educação integral como uma das estratégias fundamentais para proporcionar melhor formação e incentivo para a diminuição das desigualdades educacionais”, explica Vera Lúcia Bastos, coordenadora local do programa.

A partir deste ano, o principal critério para a seleção das unidades de ensino é o percentual de alunos inscritos no Programa Bolsa Família que, entre outros, incentiva a permanência da criança e do adolescente na escola.   Cotas para marcação de consultas e exames   Com a estimativa de 30 mil consultas e exames agendados mensalmente, a Central Municipal de Regulação (CMR) vem atuando de forma eficiente para melhor realizar a distribuição dos pacientes entre as vagas disponíveis na Rede Municipal de Saúde. O órgão envia todo dia 25 de cada mês o número de cotas que as unidades terão no mês seguinte.

Os gerentes dos postos do Programa de Saúde da Família (PSF) e Unidade Básica de Saúde (UBS) são responsáveis por distribuir as cotas entre os pacientes que aguardam as vagas, enviar as guias de serviços médicos para a Central de Regulação marcar, e devolvê-las aos pacientes após o agendamento do procedimento solicitado. Em 21 unidades que contam com o programa Saúde Digital, as marcações são feitas no próprio local.   De acordo com a coordenadora do órgão, Márcia Cristina Souza, cada unidade tem uma cota de marcação que varia a depender da quantidade de pacientes acompanhados pela unidade. “Hoje temos uma grande demanda de usuários do Sistema Único de Saúde em Feira de Santana. A perspectiva é de que esta quantidade continue aumentando, exigindo que mais profissionais sejam contratados para atender esta demanda”, acrescenta.

Ela observa que o bom funcionamento do fluxo da Central de Regulação depende do trabalho desempenhado pelas gerências das unidades. “A Central não interfere na didática de trabalho adotada pelas unidades. Algumas optam por registrar no livro de ata os pacientes que estão aguardando consultas e exames, para que assim que surjam as vagas eles tenham preferência. Outras, no entanto, optam por estipular dias específicos de marcação”, salienta.   Ainda de acordo com Márcia Cristina, a Central de Regulação vem realizando capacitações com os responsáveis pela gerência nas unidades. “Já foram capacitados todos os gerentes dos 83 PSF e 16 UBS, e iremos promover outra capacitação direcionada aos médicos neste mês de fevereiro. O objetivo é que estes profissionais detenham todas as informações sobre o funcionamento da Central de Regulação. Todos eles precisam conhecer o suficiente, para que o fluxo funcione bem”, considera.

Dentre as especialidades ofertadas pela Rede Municipal de Saúde estão dermatologia, pneumologia, endocrinologia, neurologia, pediatria, ginecologia, hematologia, hematopediatria, além de oncologia, cardiologia, oftalmologia, urologia e pré-natal de alto risco. Entre os exames realizados estão: ultrassom, eletrocardiograma, espirometria, preventivo e raio X.   Pacientes que serão submetidos a transplantes e aqueles que precisam de procedimentos oncológicos, anatomo-patológicos, como a coleta de material para biopsia e hemodiálise, têm prioridade por conta da gravidade dos casos e não precisam passar por todos os trâmites necessários ao agendamento.   Cicaf abre inscrições na segunda-feira   As inscrições para os doze cursos a serem ofertados pelo Centro Integrado de Capacitação de Apoio ao Adolescente e Família Gilsa Melo (Cicaf) vão começar na próxima segunda-feira (13/02/2012) e se estendem até sexta-feira (17/02). Neste ano os cursos terão datas diferenciadas para a inscrição.   No primeiro dia, segunda-feira, o Cicaf matricula estudantes nas áreas de Auxiliar de Pessoal, Básico Integrado para Adolescentes, Programador em Web e Informática Básica para Adultos; e no dia seguinte, terça-feira (14/02), serão inscritos os interessados nos cursos de Primeiros Socorros, Informática Básica para Adultos, Programador em Web e Básico Integrado para Adolescentes.

O processo continua na quarta-feira (15/02) com a inscrição nos cursos de Excelência no Atendimento, Manutenção de Micros e Redação; e na quinta-feira (16/02) com matrícula para Inglês Básico I, II e III, Auxiliar Administrativo e Manutenção de Micros. As inscrições encerram na sexta-feira (17/02) com a matrícula de Introdução à Macroterapia, Espanhol e Informática Básica para Adultos.    “Em 2012 vamos disponibilizar 1.500 vagas nos 12 cursos ofertados. Diferente dos anos anteriores, em que a comunidade tinha apenas dois dias para se inscrever, agora serão cinco dias justamente para não formar aquelas filas enormes e haver mais comodidade”, destaca a coordenadora do Cicaf, Ana Maria Alves.

Adiado Carnaval da Mangueira   Em virtude da greve da Polícia Militar da Bahia, deflagrada no último dia 31 de janeiro, o tradicional Carnaval da Mangueira, que seria realizado neste sábado (11/02/2012) e domingo (12/02/2012) no distrito de Maria Quitéria, foi adiado. O evento é promovido pela Prefeitura de Feira de Santana, através da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer (Secel).   De acordo com o diretor do Departamento de Eventos da Secel, Edson Porto, a medida visa garantir a segurança dos participantes da festa. “O evento seria realizado neste final de semana, mas resolvemos cancelar a programação tendo em vista que o momento não é propício para realizarmos uma festa deste porte. Mesmo que a greve chegue ao fim nestes dias, o tempo seria curto para a organização do esquema de segurança para o Carnaval da Mangeira”, explica.

Há 35 anos o evento movimenta a comunidade do distrito durante o período de Carnaval. A nova data será divulgada posteriormente. Neste ano, a festa contará com animação de bandas de pagode, forró, arrocha e axé music. Estão previstas onze atrações, dentre elas Xodó de Menina, Quixabeira da Lagoa da Menina, No Veneno, Doce Mel, Na Manha, No Grau do Estilo, Mazinho Venturini, Sandro de Castro, dentre outras.