Em Amélia Rodrigues, população passa a contar com hospital reformado

Com capacidade para 150 atendimentos por dia, o Hospital Dr. Pedro Américo de Brito, no município de Amélia Rodrigues, a 80 quilômetros de Salvador, estará, a partir da noite desta segunda-feira (13/02/2012), 24 horas à disposição da população. A unidade passou por uma reforma geral, viabilizada pelo município, e recebeu novos equipamentos que demandaram recursos estaduais da ordem de R$ 427 mil.

Os secretários estaduais Jorge Solla, da Saúde, e Zezéu Ribeiro, do Planejamento, além de autoridades municipais e funcionários do hospital, participaram da cerimônia de reinauguração da unidade hospitalar na tarde desta segunda-feira (13/02/2012). Além dos 16 leitos de internamento, alas de urgência adulto e infantil, dispõem também de serviços ambulatoriais em neurologia, cardiologia, urologia, ginecologia, obstetrícia e pediatria.

Nova fase

Aos 94 anos de existência, a unidade hospitalar começou a atender a comunidade como posto de saúde. Em 2007 passou a ser considerada hospital de pequeno porte e agora, com a atual reforma, passa a atuar de fato como hospital municipal. Para a dona de casa, Vânia Costa Freitas, 32, a reforma é oportuna. “Minha irmã tem enxaqueca crônica. Agora, vai ficar mais fácil o tratamento dela. Não vai precisar ficar se locomovendo de um lugar para outro”, disse Vânia.

Dona Cecília Carvalho das Virgens, 58, deixou os afazeres domésticos, para acompanhar o marido que é pipoqueiro, na inauguração. Ela destacou a comodidade de contar com serviços de saúde mais próximos de casa. “Estávamos precisando muito. Qualquer exame que a gente precisar fazer é só vir aqui mesmo, sem precisar pagar transporte. Uma maravilha”.

De acordo com a secretária municipal de Saúde, Graça Passos, além dos equipamentos totalmente novos, outro destaque da nova fase do hospital é o Centro de Obstetrícia. “Os filhos de Amélia Rodrigues passarão a nascer na cidade. Antes, eles apenas eram registrados aqui”.

Segundo dados do IBGE, aproximadamente 25 mil habitantes vivem na cidade de Amélia Rodrigues. Para evitar que a população se desloque para grandes centros como Salvador e Feira de Santana, em busca de serviços essenciais de saúde, a SESAB realiza outros investimentos no município. “Além do convênio para equipar o hospital e trazer condições adequadas de funcionamento, também firmamos dois convênios para construção de unidades de saúde da família. Uma já está funcionando e a outra está em fase final de construção”, disse Jorge Solla.

*Com informação : Secom BA

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]