Durante os sete dias de greve a SSP registrou 101 mortos em Salvador e Região Metropolitana

Secretaria de Segurança Pública (SSP) registrou 94 assassinatos em Salvador e Região Metropolitana durante os sete dias da greve da Polícia Militar da Bahia. O número, porém, chega a 101 se forem incluídos as mortes de um policial civil, de um casal dentro de casa na avenida São Rafael, de um percussionista do Olodum e de três homens em um tiroteio na Santa Cruz.

Estes crimes não foram registrados pela SSP. A secretaria não informou porque estes crimes não foram incluídos no boletim. Os dados fazem parte do boletim das 21h do dia 31 de janeiro, início da greve, até às 8h da manhã desta segunda-feira (06/02/2012).

O crime mais recente aconteceu nesta no início da manhã de hoje dentro de um condomínio na Avenida São Rafael. Segundo informações da Delegacia de Homicídios e proteção à Pessoa (DHPP), a morte foi realizada por volta das 7h em um apartamento no segundo andar de um dos prédios do condomínio Vivenda dos Pássaros.

Segundo testemunhas, assaltantes invadiram o apartamento, mas o homem teria reagido à abordagem e acabou sendo esfaqueado no pescoço. A esposa da vítima também teria ficado ferida. O homem não chegou a ser socorrido e morreu no local. A polícia ainda não tem pistas dos criminosos e investiga o caso no local.

Três homens foram mortos e um ferido no final da noite deste domingo (5) no bairro da Santa Cruz. Segundo a polícia o tiroteio aconteceu no final de linha do bairro. A polícia não divulgou a identidade das vítimas.

Policial civil morto não entrou no registro

A morte de um policial civil, porém, não foi registrada pela polícia no boletim deste sábado (4). João Carvalho Filho, 48 anos, foi morto com cerca de 15 tiros na região do tórax próximo ao Hiper Posto, no bairro do Itaigara. A SSP não informou porque a morte do policial não foi registrada pelo boletim de homicídios.

Morte da mulher baleada em Camaçari

Segundo delegada da 18ª Delegacia de Camaçari Maria Tereza, Edilza de Jesus, 29 anos, estava em casa acompanhada por um homem identificado como Wellington de Jesus Batista quando foi morta. Edilza foi atingida por diversos disparos na barriga e no rosto. Já Wellington, que também foi baleado na barriga, foi socorrido para o Hospital Geral de Camaçari, onde permanece internado. O crime aconteceu na madrugada desta segunda-feira (6).

Músico foi morto na porta de casa

O percussionista da banda Olodum, Denilton Souza Cerqueira, de 34 anos, foi morto a tiros na porta de casa durante a madrugada desta sexta-feira (3). Dois homens armados a bordo de uma motocicleta abordaram a vítima na porta da casa dele, localizada no bairro da Mata Escura.

A dupla tentou assaltar o percussionista, que foi baleado pelos motociclistas na cabeça e nas costas. De acordo com uma amiga da vítima, Denilton chegou a ser socorrido para o Hospital Roberto Santos por familiares, mas não resistiu aos ferimentos e morreu por volta das 2h.

Segurança reforçada

Desembarcam neste domingo (05/02/2012), na Base Aérea de Salvador, mais 300 militares para ajudar o governo da Bahia na manutenção da ordem e segurança à população em todo o Estado, em razão da greve de parcela de policiais militares.

A Força Aérea Brasileira (FAB) informou que às 15h desembarcam na capital baiana, provenientes do Rio de Janeiro, 135 militares do Batalhão de Infantaria Paraquedista e 15 militares de Brasília. Ainda na tarde deste domingo, está previsto o transporte de mais 150 homens do Exército Brasileiro de Recife para Salvador, com chegada prevista às 21 horas.

*Com informação : jornal Correio

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]