Cozinha agroindustrial é inaugurada em assentamento de Ibicaraí

A Cooperativa da Agricultura Familiar e Economia Solidária da Bacia do Rio Salgado e Adjacências (Coopfesba) realizou, na manhã desta terça-feira (31), uma solenidade para inaugurar oficialmente a cozinha agroindustrial do Assentamento Santana, situado no município de Ibicaraí. Um delicioso café da manhã, preparado na nova agroindústria com alimentos da agricultura familiar – suco de cajá, bolo de aipim e beiju de tapioca -, foi oferecido aos convidados.

A Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), que comprou e entregou os equipamentos, através da Secretaria da Agricultura (Seagri), foi representada pelo gerente regional de Itabuna, Wagner Ayres. “A implantação dessa unidade de beneficiamento significa aumento de renda para o agricultor familiar, já que os alimentos terão valor agregado”, ressaltou Ayres.

O Kit de Processamento de Frutas foi adquirido através do Programa Mata Verde, da Superintendência da Agricultura Familiar (Suaf) da Seagri, e está avaliado em R$ 50 mil. A Coopfesba recebeu, em regime de comodato, dois freezers, uma despolpadeira, um desidratador, um liquidificador industrial, uma mesa de inox, uma balança industrial e um dosador. “Agora vamos aumentar a quantidade de produtos que vendemos para o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), sendo o carro-chefe o beiju. É mais viável economicamente trabalharmos com os produtos beneficiados, do que in natura”, comentou o presidente da Coopfesba, Osaná Nascimento.

A inauguração da cozinha agroindustrial contou com a presença de agricultores familiares de Ibicaraí, do prefeito do município, Lenildo Alves, além de representantes regionais da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac) e do chefe de escritório da EBDA de Ibicaraí, Bernardino Rocha.

Intercâmbio Técnico

Com a proposta de troca de experiências, a EBDA levará, no próximo dia 13 de fevereiro, algumas agricultoras do assentamento Santana para conhecer a Unidade Agroindustrial de Teolândia, que já funciona há cinco anos e também é administrada por uma cooperativa de agricultores familiares. A presidente da Cooperativa de Teolândia (Coopatel) e a cooperada Fabiana Pereira de Freitas participaram da inauguração dessa nova cozinha agroindustrial a convite da EBDA. “Depois da instalação da agroindústria, não perdemos mais nenhuma fruta. O cupuaçu, a acerola, o cacau, o abacaxi, tudo é transformado em doces, compotas e biscoitos. Só no ano passado vendemos mais de R$ 27 mil para o Pnae”.

O técnico da EBDA de Gandú, Merivaldo Oliveira, que presta assistência técnica para a Cooperativa de Teolândia, comprometeu-se a voltar ao assentamento para oferecer, durante três dias, cursos de doces e compotas para as agricultoras da nova agroindústria.
A equipe de Assessoria Técnica, Social e Ambiental (Ates), do Núcleo Operacional de Itabuna, que assiste o assentamento Santana, relacionou, durante o evento, as mulheres e filhas de agricultores assentados, interessadas em participar de um curso de alimentos, derivados da mandioca, que será oferecido, ainda este mês, pela EBDA.

Joelma Alves mora com o marido e os três filhos, no Assentamento Santana. Ela é filha de um agricultor assentado e está desempregada. A jovem está apostando na agroindústria para conseguir realizar o sonho do filho mais velho. “Meu filho passou no curso superior de arquitetura e eu quero ajudá-lo a custear a faculdade”, conta Joelma, entusiasmada com a mais nova profissão.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]