Cabuçú literalmente abandonado | Por Genaldo de Melo

Estive por esses dias em Cabuçú, uma das áreas de lazer e turismo das mais lindas da costa baiana, e percebi o quanto a incompetência planejada e a incapacidade e preguiça para pensar, faz com que uma região que poderia ser promissora do ponto de vista econômico, tornou-se reduto do abandono e do descaso. É incrível ver como tantos donos de bares e restaurantes sofrem com a falta de planejamento e atenção do Poder Público local!

Mais incrível ainda é ver um público fiel e amante da Praia do Sol e Praia Alto das Pedras ser desrespeitado pela falta de infraestrutura adequada. Como lá grande número de turistas é de Feira de Santana e região, temos a nítida sensação de que quem decide politicamente pelo local não gosta de povo feirense.

Em Cabuçú dois elementos são extremamente importantes, ambos ligados diretamente a metrópole Feira de Santana. O primeiro são os turistas, e em época de verão os chamados veranistas, que todos os finais de semana sem opções claras de lazer na metrópole, despejam grandes quantidades de dinheiro nos bares e restaurantes da praia. O segundo são exatamente os proprietários de bares e restaurantes, que em sua grande maioria são feirenses que por conta própria investem em projetos de infraestrutura, para não afugentar o povo daquele paraíso. É uma vergonha, mas ambos sofrem com esse descaso.

Além disso, uma grande parcela das famílias do lugar que vive da informalidade tem reclamado que a cada ano tem diminuído o fluxo de pessoas, que contribuem com os pequenos lucros dos pequenos negócios. Na realidade por falta de infraestrutura e atenção do Poder Público local as pessoas estão procurando outras praias mais organizadas e coordenadas por gestores mais competentes e comprometidos com o desenvolvimento de seus municípios.

Alguma coisa precisa ser feita e de modo urgente, e quem não deveria ter essa obrigação, pois isso deveria ser obrigação e dever local, está acabando tendo que assumir essa postura de preocupação por Cabuçú, que é o povo feirense. E olhe que quem mais sofre é exatamente o povo saubarense, que não tem um gestor à altura do que são como seres humanos.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]