Brasil apresenta à ONU, em Nova York, plano de combate à pobreza

Secretário nacional de Renda e Cidadania, Luis Henrique Paiva, contou à Rádio ONU que o projeto “Brasil sem Miséria” conta com a mobilização da sociedade para erradicar a pobreza extrema até 2014.

Um país emergente sem pobreza extrema. Esta é a visão do plano “Brasil sem Miséria”, apresentada pelo Governo Brasileiro à 50ª. sessão da Comissão para o Desenvolvimento Social das Nações Unidas.

O evento, realizado na sexta-feira, em Nova York, contou com a presença do secretário nacional de Renda e Cidadania, Luis Henrique Paiva. Nesta entrevista à Rádio ONU, ele falou sobre a participação da sociedade na ação de combate à pobreza no país.

Parcerias

“A ideia é, de fato, superar a extrema pobreza, fazer com que a população brasileira possa olhar a si mesma, e ter a certeza de que a extrema pobreza faça parte do passado brasileiro e não do presente. É por isso que se está trabalhando. É por isso que o Governo Federal está fazendo parcerias com os governos estaduais, municipais, com empresas estatais. Enfim, é uma grande mobilização nacional para que a pobreza extrema faça parte do passado.”

O Plano Brasil sem Miséria inclui as ações do Bolsa Família que atendem 50 milhões de pessoas no país.

De acordo com o secretário Luis Henrique Paiva, este ano, o Bolsa Família deverá receber US$ 10 bilhões, equivalentes a R$ 17 bilhões. Ao todo, o orçamento do programa representa 0,4% do Produto Interno Bruto.

O secretário nacional deve retornar a Brasília nesta segunda-feira.

*Com informação : Rádio Onu

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]