Associação Comercial de Feira emite nota de protesto, afirma que as negociações morosas trazem prejuízos, também cobra da PM bom senso

Confira a íntegra da Nota Pública 

Manifestamos nosso protesto à morosidade com que estão sendo conduzidas as negociações para por termo à grave situação de insegurança que vive no momento a nossa cidade, com a paralisação dos trabalhos inerentes á Policia Militar do Estado, em situação de greve parcial.

Cobramos das autoridades competência na percepção da gravidade do problema, que traz irrecuperáveis prejuízos financeiros, materiais e morais à sociedade feirense, ao seu comércio e à totalidade dos seus cidadãos, diante de um clima de conflito e insegurança que compromete a sobrevivência das pessoas e da atividade produtiva do município.

Cobramos da Polícia Militar o bom senso para distinguir a defesa dos seus interesses e a obrigação constitucional e de ofício de garantir a segurança física e patrimonial da comunidade. Reconhecemos a situação de carência salarial, equipamentos e assistência da Policia Militar e Civil do Estado da Bahia. Recomendamos á população calma e tranqüilidade, e a volta ás nossas atividades de rotina.

Armando Sampaio

Presidente.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]